Estudantes do campus organizam evento cultural para debater diversidade e gênero

10/11/2017 11:17

Peça traz ao debate temática da violência de gênero (Foto: Grupo Teatro de Quinta)

As políticas públicas brasileiras na esfera dos direitos humanos apresentaram grandes avanços, sobretudo, a partir da década de 1990, no campo da educação e das relações de gênero. Nesse período, foram sancionadas novas leis e diretrizes que abarcaram a temática com o intuito de colaborar com a problematização em torno das desigualdades de gênero e da construção de um mundo mais justo e igualitário.

Entre esses documentos, encontra-se a Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), de 1996 e o Plano Nacional de Educação 2011/2020, que apresentam princípios como liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; respeito à liberdade e apreço à tolerância; valorização do profissional da educação escolar - em especial, destacamos aqui a liberdade intelectual docente.

Após os debates e aprovação dessas diretrizes, emergiram discursos marcados pelo conservadorismo e intolerância referentes à abordagem das relações de gênero e diversidade sexual nos estabelecimentos de ensino. Tais discursos chamam a atenção pela simplificação, descontextualização e depreciação dos estudos de gênero, tornando educadores comprometidos com a garantia do direito humano ao acesso à educação sexual alvos de acusações de "doutrinação ideológica” dos alunos.

Shantays Grupo de Dança

Diante desse cenário preocupante, estudantes de licenciatura e engenharia matriculados nos componentes curriculares Educação, Direitos Humanos e Diversidade Sociocultural e Psicologia Educacional: Desenvolvimento e Aprendizagem, sob orientação da Profa. Dra. Renata Orlandi, organizaram um evento que ocorrerá nesta sexta-feira (10/11), às 20h, no auditório da Sede Acadêmica.

Tal atividade artística-cultural tem o objetivo de debater as (des)igualdades de gênero, os direitos sexuais e reprodutivos, a diversidade sexual e a dimensão ética do fazer docente no campo da sexualidade. Haverá a apresentação da peça teatral “João, o Louco”, da companhia blumenauense Teatro de Quinta. Também integram a programação da noite apresentações de dança com o grupo Shantays, exibição de curtas-metragens e a exposição de obras do artista plástico e estudante da Especialização em Educação Escolar Contemporânea, Charles Immianovsky.

A entrada é gratuita e o evento é aberto ao público (classificação: 16 anos).

(Texto: Fabiana Asano, sob orientação de Renata Orlandi)

______________________________________

Atividade cultural e debate - Educação, Direitos Humanos e Diversidade Sociocultural e Psicologia Educacional: Desenvolvimento e Aprendizagem

Data: 10 novembro (sexta-feira)

Horário: 20h

Local: Auditório UFSC – Sede acadêmica

 

Peça teatral “João, o Louco”

Classificação: +16

Grupo: Teatro de Quinta

Sinopse: João vive solitário, assombrado pelas lembranças de uma existência marcada por violência e crueldade. Ele conta apenas com a companhia da sua coleção de troféus macabros.

 

Ficha técnica

Dramaturgia: Nassau de Souza

Direção: Diones Rafael Silva

Produção: Teatro de Quinta

Cenário: Teatro de Quinta

Figurino: Teatro de Quinta

Iluminação: Teatro de Quinta

Operação de luz e sonoplastia: Diones Rafael Silva

Foto de divulgação: Eslley Scatena

Elenco: Gabriel Mantoanelli, Vanessa Martins, João Vitor Martins, Andressa Costa, Artur Gewehr, Tamara West, Alison Marcondes e William Tribess

Duração: 30 minutos

Classificação indicativa: +16

-----

Bibliografia

Ação Educativa. A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso / Ação Educativa Assessoria, Pesquisa e Informação (Org.). São Paulo: Ação Educativa, 2016.

Relações de gênero na escola. Cristiane de Castro Ramos Abud. (Organizadora) – Rio de Janeiro: Dictio Brasil, 2017.

SOUSA, L. A. B., GRAUPE, M. E. Gênero e políticas públicas de educação. Anais do III Simpósio Gênero e Políticas Públicas. Londrina, 27 a 29 maio 2014.

 

Tags: artesdançadebatedireitoeducaçãohumanomulherobrareproduçãoteatroviolência

EDITAL Nº 76/DDP/PRODEGESP/2017 – Processo Seletivo Educação/Educação Matemática – Resultado

27/10/2017 10:00

Departamento de Ciências Exatas e Educação - CEE

Área/Subárea de conhecimento: Educação/ Educação Matemática

Período de Inscrição: 16/10/2017 a 20/10/2017 – das 08:30 às 11:30 e das 14:30 às 17:30.

Processo: 23080.064502/2017-78
Nº de vagas: 01 (uma)
Regime de Trabalho: 20 (vinte) horas semanais
Requisitos: Licenciatura em Matemática e Especialização ou Mestrado ou Doutorado em Educação ou Educação Matemática ou Ensino de Ciências ou Educação Científica e Tecnológica.

Local: Campus Blumenau – BNU: Departamento de Ciências Exatas e Educação - CEE: , fone (47) 3232-5147 e (48) 3721-3347 (Campus Blumenau. Sede Administrativa: Rua Pomerode, 710. Bairro: Salto do Norte – Blumenau/SC).

Clique para acessar o edital completo

+ Formulário de inscrição

+ Cronograma (atualizado)

+ Portaria de homologação das inscrições

+ Banca Examinadora

+ Resultado Final (NOVO!)

Tags: concursoeducaçãolicenciaturaprocessoprofessorseleção

UFSC Blumenau e SEMED incentivam o aperfeiçoamento de docentes da rede básica

18/08/2017 16:31

Os professores da rede municipal de ensino de Blumenau iniciaram, nesta quarta-feira (16/8), uma formação promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). O foco é aperfeiçoar a atuação de cerca de 1.300 profissionais que atuam no Ensino Fundamental.

Para isso, foram constituídos grupos de trabalho, um dos quais sob condução do professor do curso de Licenciatura em Matemática da UFSC Blumenau, Jorge Cássio Costa Nóbriga, com o tema “Tecnologias a favor da matemática nos anos finais: geogebra e suas implicações”. Foram 40 participantes no primeiro encontro e os conteúdos terão seguimento no próximo dia 20 de setembro, na Uniasselvi polo Blumenau.

Jorge Cássio apresentou aos professores a utilização e as ferramentas disponibilizadas pelos Geogebra Books para o ensino de matemática. Os materiais usados na exposição fazem parte de um projeto do docente, que está desenvolvendo livros digitais e dinâmicos, gratuitos e abertos aos professores de matemática que quiserem adaptar os conteúdos às necessidades de suas aulas.

(Fonte: Comunicação UFSC Blumenau/Fotos: João Victor Pereira/UFSC Blumenau)

Tags: aperfeiçoamentoaprendizagemcursodidáticaeducaçãogeogebramaterialPesquisatecnologias

Escola e currículo são tema de aula inaugural da especialização em Educação Escolar Contemporânea

17/08/2017 11:57

A especialização em Educação Escolar Contemporânea convida os pós-graduandos, estudantes das licenciaturas em Matemática e Química e docentes do campus Blumenau para sua aula inaugural com o Professor Newton Duarte (UNESP/Araraquara), no dia 18/8, às 18h30min, no auditório da Sede Acadêmica. O tema escolhido para abrir as atividades letivas foi “Escola, currículo e concepção de mundo”. As inscrições estão disponíveis no link http://l.ufsc.br/aulanewton.

Pedagogo formado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Doutor em Educação Escolar pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara – FCL/CAr – UNESP, Newton é uma das maiores autoridades no campo da Educação no país. Suas principais obras incluem os livros Os conteúdos escolares e a ressurreição dos mortos (2016); A Individualidade Para Si (2013), Vigotski e o Aprender a Aprender: crítica às apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria vigotskiana (2000); Sociedade do Conhecimento ou Sociedade das Ilusões?(2003); Crítica ao Fetichismo da Individualidade (2004);Critical Perspectives on Activity: Explorations across Education, Work and Everyday Life (2006) co-editada com Peter Sawchuk e Mohamed Elhammoumi; Arte, Conhecimento e Paixão na Formação Humana: Sete Ensaios de Pedagogia Histórico-Crítica (2010) em coautoria com Sandra Della Fonte; e A Pedagogia Histórico-Crítica e a Luta de Classes na Educação Escolar(2012) em coautoria com Dermeval Saviani.

————-

Aula inaugural com Newton Duarte (UNESP/Araraquara)

Data: 18 de agosto de 2017 (sexta-feira)

Horário: 18h30min

Local: Auditório – Sede Acadêmica

Apoio: Núcleo Pedagógico (NuPe)

Tags: currículoeducaçãoensinoescolaespecializaçãopós-graduação

Especialização em Educação Escolar Contemporânea abre atividades letivas em solenidade

08/08/2017 16:17

Os mais novos estudantes de pós-graduação do campus Blumenau foram recepcionados na última sexta-feira (4/8), no auditório da Sede Acadêmica, em uma solenidade de boas-vindas e apresentação do projeto pedagógico do curso de especialização em Educação Escolar Contemporânea.

A coordenadora, Gestine Cássia Trindade e os professores Julio Faria Corrêa e Aldo Sena de Oliveira saudaram os alunos juntamente com o diretor do campus, João Luiz Martins, a chefe em exercício do Departamento de Engenharias e docente da especialização, Marilise Luiza Martins dos Reis Sayão, e a secretária de educação de Blumenau, Patrícia Lueders.

Antes de dar inicio às falas, os convidados tiveram a oportunidade de revisitar um pouco da música brasileira e sul-americana em uma apresentação de violão com Renato Emílio Hörbe e Igor Vinicius de França, estudante da Licenciatura em Química. Eles interpretaram clássicos de Tom Jobim, Ary Barroso, Chico Buarque, Candeia e Gerardo Matos Rodriguez.

Em seguida, a secretária municipal de educação, Patrícia Lueders destacou a importância do curso para a integração entre a educação básica e a universidade, especialmente em um momento em que se propõe a reformulação da base nacional comum curricular no país. O diálogo entre os profissionais da educação foi reforçado como essencial para alcançar bons resultados futuros junto à comunidade.

O professor Julio Corrêa aproveitou a oportunidade para ressaltar, como vice-líder do Grupo de Pesquisas em Fundamentos Histórico-Filosóficos da Educação (UFSC/CNPq), a relevância da pesquisa e seu impacto no desenvolvimento nacional. Ele aproveitou para traçar um breve histórico sobre as origens do fomento à investigação acadêmica e instigou os estudantes a repensarem as formas e os significados da pesquisa na academia.

Como chefe em exercício do Departamento de Ciências Exatas e educação e líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Ciências e Matemática (UFSC/CNPq), o professor Aldo Sena de Oliveira destacou a atuação universitária nos três eixos – ensino, pesquisa e extensão – e fez uma retrospectiva sobre a concepção do curso de especialização, a primeira pública e gratuita da região do médio vale do Itajaí.

Para a coordenadora, Gestine Trindade, a abertura do curso de especialização marca a finalização da primeira etapa do processo de consolidação dos estudos na área da Educação no campus. Desde a criação do centro de Blumenau da UFSC, as discussões e formulações teórico-metodológicas sobre o tema, até então difusas, acabaram por se consolidar nos Grupos de Pesquisa que impulsionaram a criação da especialização. Para a docente, o curso trará ao debate temas essenciais como o tipo de escola existente na atualidade e a importância de resgatar autores clássicos para subsidiar tais reflexões.

Por fim, o diretor do campus, João Luiz Martins, encerrou a solenidade com um panorama das universidades públicas do Brasil, sua formação sócio-histórica e a importância das instituições para o país. Também aproveitou para evidenciar o caráter de formação continuada do curso de especialização proposto, tão importante para diminuir a desconexão de realidades presente entre os professores recém-formados e a escola básica. O diretor afirmou ainda que as políticas educacionais vigentes tratam por setorizar a educação, sendo necessário integrar todas suas esferas - da educação infantil ao ensino superior - para então operar uma mudança significativa no cenário social, político e econômico brasileiro.

Logo após a solenidade, os estudantes participaram de um coquetel organizado pela equipe docente do curso no Laboratório de Ensino de Matemática (LEMA) e assistiram à apresentação do projeto pedagógico do curso e dos professores, conduzida pelo professor Aldo Sena de Oliveira.

(Comunicação UFSC Blumenau. Fotos: Eduardo Amorim)

Tags: educaçãoescolaespecializaçãoPesquisapúblicauniversidade

Processo seletivo: Docente em Física

28/07/2017 19:02

 

Departamento de Ciências Exatas e Educação - CEE
Área/Subárea de conhecimento: Física/ Física Geral
Processo: 23080.047812/2017-28
Nº de vagas: 01 (uma)
Regime de Trabalho: 40 (quarenta) horas semanais
Requisitos: Graduação em Física (bacharelado ou licenciatura) e Especialização ou Mestrado ou Doutorado em Física ou Ensino de Física ou Engenharia.

Período de Inscrição: 31/07/2017 a 04/08/2017 – das 08:30 às 11:30 e das 14:30 às 17:30.

Local: Centro de Blumenau – BNU: Departamento de Ciências Exatas e Educação: Fone (47) 3232-5147 e (48) 3721-3347

Campus Blumenau. Sede Administrativa: Rua Pomerode, 710. Bairro: Salto do Norte – Blumenau/SC.

Tags: concursoeducaçãoexatasufsc

Projeto de extensão da UFSC Blumenau leva ciência para escola de educação básica no município

19/06/2017 18:38

O primeiro ciclo de oficinas do projeto de extensão Ciência Itinerante na Escola, coordenado pela Professora Dra. Leila Procópia do Nascimento, do Centro UFSC Blumenau, encerrou no dia 9 de junho. O objetivo foi possibilitar aos estudantes da educação básica da rede pública a apropriação de conceitos, conteúdos e noções básicas de Química e Matemática, por meio de pequenas experiências científicas. Neste semestre a escola participante foi a EEB Dr Max Tavares D’Amaral, localizada no bairro Itoupava Norte, em Blumenau.

A coordenadora do projeto considerou que a ação teve um impacto muito positivo. Ao final de três dias de oficinas foram atendidas 24 turmas da escola, com uma média de 30 estudantes cada turma. Isso totaliza um alcance de cerca de 720 estudantes por semestre. Para a professora os benefícios do projeto de desdobram tanto na comunidade escolar, como na comunidade acadêmica: "de um lado, temos nossos estudantes de graduação, futuros professores, passando pela experiência didática e conhecendo ainda mais o espaço de sua futura profissão. Por outro, temos a escola e seus estudantes experimentando uma aproximação com alguns temas científicos – relacionados ao conteúdo escolar e ao conhecimento cotidiano", avaliou.

A curiosidade despertada durante as oficinas também se reflete na escolha da futura profissão. Os estudantes dos últimos anos do Ensino Médio, que se encontram na expectativa do vestibular, tiveram a curiosidade despertada pelos cursos ofertados na Universidade Federal de Santa Catarina no município. "Só tenho à agradecer a 15ª GERED – SED e à equipe da referida escola pela acolhida e aos bolsistas voluntários que não mediram esforços para fazer este lindo projeto acontecer”, afirmou a Profª Leila.

O projeto de extensão Ciência Itinerante na Escola conta com a parceria da 15ª GERED - SED e de seis bolsistas voluntários, estudantes dos cursos de Licenciatura em Química e Licenciatura em Matemática da UFSC Blumenau. As oficinas acontecem em três datas diferentes a cada semestre, atendendo uma escola neste período e de forma itinerante para as demais escolas.

Veja as fotos abaixo.

-----------

Bolsitas Voluntários (estudantes da UFSC Blumenau)
Charles Machado (Licenciatura em Química)
Paola Stéfany Maass (Licenciatura em Química)
Rhaisa Gazola Pezzi Verlindo (Licenciatura em Química)
Susan Michelle Stolf Stuhlert (Licenciatura em Química)
Ana Luiza Evaristo (Licenciatura em Química)
Edionara Bachmann (Licenciatura em Matemática)

Entidades envolvidas: 15a GERED Blumenau
Informações e contato: 

(Comunicação UFSC Blumenau)

Tags: educaçãoensinoescolaExtensão