Cervejaria Escola oferece dois cursos de extensão abertos à comunidade na área de análise sensorial

13/02/2020 17:47

A Cervejaria Escola da UFSC Blumenau, coordenada pelo professor Alfredo Muxel, está com inscrições abertas para dois cursos na área de análise sensorial, nos níveis iniciante e avançado. Os cursos são gratuitos, abertos à comunidade e os participantes devem ter 18 anos ou mais. Ao todo são 20 vagas para cada turma e haverá lista de espera.

De acordo com o Anuário da Cerveja no Brasil (2018), publicado pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) o setor segue em alta no país. A concentração de cervejarias ainda localiza-se no eixo Sul-Sudeste, sendo que MG, SP, RS, SC, PR e RJ juntos têm mais de 90% dos registros de produtos de cerveja e chope. No ranking percentual de crescimento dos registros de cervejarias, Santa Catarina ocupa a 4ª posição, sendo a cidade de Blumenau a 7ª no Brasil.

Para mais informações, programa dos cursos e inscrições veja os links abaixo:

4ª Edição do Curso de Análise e Avaliação Sensorial de Cerveja (iniciante)

Descrição: O curso é voltado aos entusiastas das cervejas artesanais que queiram aprender a reconhecer as características sensoriais de diferentes estilos de cerveja.

Realização: dias 27, 28 de fevereiro e 2 de março, das 18h às 22h

Local: Laboratório de Química Inorgânica (LABQUI), Bloco B

Inscrições: de 13 a 22 de fevereiro, pelo formulário disponível aqui.

Curso avançado de Análise Sensorial: Flavor e Off-Flavors de Cerveja

Descrição: Este curso busca desenvolver no participante habilidades avançadas de degustação de cerveja e identificação de flavors e off-flavors (defeitos sensoriais), através do treinamento, por meio da utilização de padrões analíticos, em diferentes concentrações. O profissional treinado, através dos defeitos sensorias, pode detectar falhas no processo de produção da cerveja e, adicionalmente, corrigi-los e eliminá-los do processo.

Realização: dias 3 e 5 de março, das 18h às 22h

Local: Laboratório de Química Inorgânica (LABQUI), Bloco B

Inscrições: de 14 a 24 de fevereiro, pelo formulário disponível aqui.

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau, com informações MAPA)

Tags: cervejacursoExtensãoSommelierufscUFSC Blumenau

PIAPE: prorrogada a inscrição para processo seletivo de tutores para o programa

07/02/2020 18:08

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) prorrogou o prazo do Edital nº 017/2019/PROGRAD/UFSC, com vistas à seleção para contratação temporária de tutores para o Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (PIAPE). As inscrições podem ser realizadas até o dia 21 de fevereiro.

Os tutores selecionados desenvolverão atividades de apoio e orientação pedagógica, na modalidade presencial, para estudantes dos cursos de Graduação da UFSC, realizando atividades pedagógicas de auxílio quanto à compreensão de conteúdos que servem de base às disciplinas da graduação e de apoio no acompanhamento dos conteúdos disciplinares e no desenvolvimento acadêmico.

Para o Campus Blumenau estão abertas inscrições para os seguintes campos de conhecimento:

  1. Física
    Número total de vagas: 01 (uma)
    Requisito mínimo específico: Graduação em Física ou áreas afins
  2. Leitura e Produção Textual
    Número total de vagas: 01 (uma)
    Requisito mínimo específico: Graduação em Letras/Língua Portuguesa.
  3. Matemática
    Número total de vagas: cadastro reserva.
    Requisito mínimo específico: Graduação em Matemática ou áreas afins.
  4. Orientação Pedagógica
    Número total de vagas: cadastro de reserva.
    Requisito mínimo específico: Graduação em Pedagogia ou Psicologia, com Pós-Graduação na área educacional.
  5. Química
    Número total de vagas: 01 (uma).
    Requisito mínimo específico: Graduação em Química ou áreas afins.

Os tutores com formação máxima em nível de graduação receberão o valor líquido de R$ 1.000,00 (um mil reais). Os tutores que apresentarem título de Mestre ou Doutor receberão pelas atividades prestadas o valor líquido de R$ 1.200,00 (um mil e duzentos reais). O pagamento será realizado a título de bolsa sempre que o tutor mantiver vínculo com a UFSC ou estiver vinculado por meio de convênio entre a UFSC e outra instituição.

Mais informações podem ser obtidas com o Núcleo Pedagógico (Nupe): nupe.blumenau.ufsc.br, telefones (47) 3232-5142 ou (48) 3721-3342 ou e-mail 

Tags: apoio pedagógicoblumenauPiapeufsc

Professores de Matemática da rede pública de Jaraguá do Sul participam de curso de aperfeiçoamento no Campus Blumenau

07/02/2020 14:45

Um grupo de quinze docentes de Matemática, da rede municipal de educação de Jaraguá do Sul/SC, participou, no dia 6/2, de um curso de aperfeiçoamento promovido pelo Laboratório de Ensino de Matemática (LEMA), do Departamento de Ciências Exatas e Educação (CEE) do Centro de Blumenau. A iniciativa, coordenada pelo professor Jorge Cássio Costa Nóbriga, foi realizada no próprio laboratório. Dentre as atividades propostas, houve a exploração dos materiais didáticos produzidos pelo LEMA e demonstrações de uso das plataformas Geogebra e Khan Academy.

De acordo com a Assessora da Disciplina de Matemática da Secretaria Municipal de Educação de Jaraguá do Sul,  Roseli Aparecida Borges Fanhani, o contato para viabilizar a capacitação iniciou ainda em dezembro de 2019. "Eu estava buscando trazer inovação para formação de professores em 2020 e tinha o interesse de levá-los para conhecer novos ambientes. Foi quando encontrei a página do laboratório na internet e achei muito interessante o trabalho desenvolvido nele", explicou. Para Roseli, muitos dos materiais são fáceis de fazer e/ou acessar e seu uso pode dinamizar sobremaneira a aprendizagem em sala de aula.

O professor Flávio Gustavo Pomianowsky, que atua há seis anos na área, avaliou positivamente a experiência. "Seria bom que tivesse um curso mais aprofundado só sobre cada uma das plataformas. Tem muita coisa para fazer e aprender", comenta. Atualmente o docente leciona aulas para o 6º e 7º anos e vê aplicação das ferramentas do Geogebra principalmente para a compreensão de operações com frações. Flávio também achou os vídeos presentes na plataforma Khan Academy muito úteis, mas faz ressalvas: "é preciso adaptar as estratégias de acordo com os recursos de cada escola. Nem todas ainda estão equipadas com computadores ou uma boa rede de internet". Saindo do mundo digital e indo ao analógico, o professor contou ainda que já conseguiu desenvolver boas práticas com jogos. "Conseguimos criar um jogo com dados (ASMD*) - para a Feira Regional de Ciências da Rede Estadual de Jaraguá do Sul, em 2016", relatou.

Com apenas três meses de experiência como professor, Gerson dos Santos, que leciona para o 6º e 9º anos, demonstrou empolgação com o curso. Ele teve contato com o Geogebra ainda na época da faculdade, mas segundo o docente, a plataforma avançou muito quanto às funcionalidades disponíveis. "Os estudantes têm dificuldade de visualizar principalmente frações e alguns conteúdos de geometria espacial. Mas com o Geogebra isso fica muito mais claro", explicou. Para Gerson a mudança quanto ao aproveitamento dos conteúdos, por parte dos alunos, com o uso de novas tecnologias, é expressivo. "Quando comparado ao método expositivo tradicional, nossa! Eles entendem bem melhor. Os alunos são mais aptos nesse mundo digital, na verdade, esse é o mundo deles hoje", afirmou.

Para 2020 há a perspectiva de realização de um novo curso, ministrado pelo professor Jorge Cássio, em Jaraguá do Sul, focado em Geogebra. De acordo com Roseli Fanhani, outras possibilidades também serão estudadas em parceria com a UFSC Blumenau, como a elaboração de recursos didáticos específicos para pessoas com deficiência visual.

*ASMD = Adição, Subtração, Multiplicação e Divisão.

Veja as fotos: 

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau)

Tags: cursodocênciaeducaçãoensinomatematicaprofessorufsc

8 de Março: UFSC Blumenau tem ponto de coleta de roupas para realização de brechós solidários

05/02/2020 15:46

A UFSC Blumenau tem um ponto de coleta de doações para atividades do 8 de Março - Dia internacional da Mulher. A caixa está no hall do Bloco A da Sede Acadêmica.

É possível contribuir com roupas, acessórios e calçados em bom estado. Os itens serão vendidos em brechó beneficente na Feirinha da Servidão, no dia 9/2, para custear ações com mulheres em situação de vulnerabilidade. As doações também podem ser depositadas no Campus I da Furb e na Unisociesc.

Mais informações

Tags: 8MDia Internacional da Mulherdoaçãoufsc