Nova versão do Guia de Biossegurança da UFSC amplia atividades que poderão ser feitas em formato presencial

22/06/2021 16:56

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicou na sexta-feira, dia 18 de junho, a versão atualizada do seu Guia de Biossegurança, com informações a respeito da condução de atividades presenciais, em caráter de excepcionalidade, durante a atual fase da pandemia. Dentre as principais alterações estão um incremento nas atividades que poderão ser desenvolvidas presencialmente.

O Guia, que teve sua primeira versão publicada em novembro de 2020, traz, em sua recente atualização um esclarecimento: “um eventual retorno das atividades presenciais na UFSC, por ora ainda suspensas, será orientado pelos conhecimentos advindos do progresso científico, que vêm sendo sistematizados pela Universidade e por orientações das autoridades sanitárias nacional, estadual e municipais e, ainda, pelos cenários delineados pela Comissão Permanente de Monitoramento e Acompanhamento Epidemiológico”.

A UFSC continua observando a Fase 1 – cenário em que a doença não está controlada no Brasil ou em Santa Catarina, com aumento permanente do número de casos e óbitos e alta taxa de contágio. As atividades presenciais seguem suspensas até 2 de outubro de 2021, de acordo com a Portaria Normativa Nº 390/2021/GR, de 1º de abril de 2021.

Informações sobre as fases de contingência na UFSC, sobre o Guia de Biossegurança e Legislação estão no site Coronavirus.ufsc.br. Confira, abaixo, as principais alterações nesta nova versão do Guia de Biossegurança:

Grupos de Risco

O Guia de Biossegurança mantém os grupos de risco aprovados na versão anterior, e inclui um alerta – “até que pelo menos 75% da população tenha completado o ciclo vacinal com as duas doses e associado a melhoria dos indicadores epidemiológicos municipais e estaduais, as medidas de prevenção devem continuar a ser adotadas por toda a população em todas as ações diárias”.

Portanto, os grupos de risco continuam válidos, e os servidores que estiverem nessas condições de saúde e idade, devem ser afastados de atividades presenciais e direcionados para o trabalho remoto até que tenham completado o esquema vacinal contra a Covid-19. Servidores que já tomaram duas doses da vacina, podem requerer às chefias a realização das atividades presenciais previstas no Guia.

Da mesma forma, servidores com filhos em idade escolar também podem manter a realização de trabalho remoto enquanto a oferta de atividades letivas no modo presencial estiver prejudicada ou suspensa na rede de ensino.

Atividades

Continuam autorizadas apenas as atividades presenciais inadiáveis. A partir da edição desta nova versão do Guia, novas atividades foram incluídas para além daquelas ligadas ao combate à pandemia, saúde e segurança. As novas atividades incluem aquelas que envolvem: a oferta de disciplinas teórico-práticas e práticas dos cursos de graduação da UFSC (em conformidade com a Resolução Normativa nº 090/2021/CGRAD); os projetos de pesquisa em andamento, ou atividades associadas ao desenvolvimento de Trabalhos de Conclusão de Cursos, Dissertações ou Teses, desde que não representem atividades rotineiras e tenham sido iniciadas em data anterior à publicação da Portaria Normativa nº 354/2020/GR, de 18 de março de 2020.

Também na área de pesquisa, são consideradas atividades inadiáveis, a nutrição e cuidado animal e processamento de amostras biológicas com a finalidade de preservação para análise futura; e aquelas relacionadas a tratamento laboratorial de espécimes, amostras ou componentes perecíveis.

Outras atividades incluem aquelas relacionadas a serviços de manutenção predial e de infraestrutura, cuja não realização imediata possa causar prejuízos e/ou riscos à incolumidade da comunidade universitária; relacionadas a manutenção de instalações tais como laboratórios, geradores e outras afetas a conservação inadiável do patrimônio público.

Na área da gestão administrativa, autoriza-se também as atividades associadas à organização do retorno das atividades presenciais; à realização de provas de concursos públicos para provimento de servidores docentes e técnico-administrativos; à emissão e registro de diplomas pelo Departamento de Administração Escolar (DAE).

Também será possível autorizar atividades associadas ao atendimento aos usuários na Biblioteca Universitária; às atividades de recebimento e distribuição de materiais pelo Almoxarifado Central; ao recebimento de materiais e correspondências oficiais realizadas pelo serviço de Malote.

A solicitação continua seguindo os mesmos protocolos anteriores, com a solicitação digital no sistema SPA, uso de formulários e encaminhamento para ciência e autorização da direção da unidade, que direcionará o pedido ao Gabinete da Reitoria para verificação de atendimento dos critérios predeterminados.

Todos os documentos podem ser baixados no site Coronavirus.ufsc.br e as instruções de envio das solicitações estão descritas no Guia.

Controle de Acesso

A nova versão do Guia também reforça a necessidade de controle de acesso de cada servidor às edificações e o registro da data e os horários de entrada e de saída de cada servidor que ingressar em qualquer edificação da UFSC, por meio de um formulário impresso. O objetivo é ter o registro diário encaminhado ao Departamento de Atenção à Saúde (DAS) por meio do e-mail , para possibilitar a identificação de caso suspeito de Covid-19 e de rastreio de contatos.

Atividades presenciais essenciais na UFSC, exceto as de saúde e de segurança e vigilância patrimonial, devem ser dimensionadas para ocorrer no período compreendido entre 8h e 18h.

Mais informações:
Coronavirus.ufsc.br/guia-de-biosseguranca/
Guia de Biossegurança (PDF)

Fonte: Notícias da UFSC

Tags: CoronavírusCovid-19Guia de Biossegurançapandemia

Seminário da Prograd discute ensino remoto emergencial na UFSC

29/04/2021 14:47

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) realizará, entre os dias 4 e 6 de maio, o 1º Seminário da Prograd – O Ensino Remoto Emergencial na UFSC. A iniciativa tem como principal objetivo refletir sobre as atividades pedagógicas não presenciais na Universidade, devido à emergência causada pela pandemia de Covid-19.

O evento, que ocorrerá de forma totalmente remota, contará com palestras e mesas acerca das temáticas relacionadas ao ensino de Graduação na UFSC, “com ênfase na superação dos desafios decorrentes da pandemia e das atividades de ensino na modalidade não presencial, na reflexão sobre os fazeres pedagógicos e experiências nas mais diversas áreas, nas possibilidades de compartilhamento, na busca de forma coletiva e democrática, por tornar o processo de aprendizagem mais significativo para estudantes e na reflexão sobre a permanência estudantil”.

O seminário é direcionado aos servidores docentes e técnico-administrativos. Para realizar a inscrição, basta preencher este formulário.

Programação:

04/05/2021

18h – Cerimônia de Abertura – reitor Ubaldo César Baltazar, Prograd, Prae, Saad

18h30 – A UFSC em dados – Sérgio Pinto da Luz

05/05/2021

10h – Ensino Remoto, Aprendizagem e a Relação com os estudantes – professora Adriana D’Agostini (CED/UFSC e Supervisora do Piape)

14h – Os rumos da Universidade Pública no cenário atual – professor Roberto Leher (UFRJ)

16h – Apresentação da Avaliação Processual das atividades acadêmicas não presenciais – Prograd e Coordenações de Cursos

06/05/2021

10h – Permanência no Ensino Superior – professora Helena Sampaio (Unicamp)

14h – Apresentação de relatório de pesquisa “Sofrimento Psíquico entre acadêmicos da UFSC” (NESFHIS/UFSC)

16h – Mesa-Redonda com representações Apufsc, Sintufsc, DCE, APG e Prograd

Mais informações no site do evento.

(Fonte: Notícias das UFSC)

Tags: ensinoensino remotopandemiaufscUFSC Blumenau

‘Acolhe UFSC’ convida profissionais para integrarem projeto com acolhimento psicossocial voluntário

16/04/2021 12:50

A Comissão Permanente de Monitoramento da Saúde Psicológica da Universidade Federal de Santa Catarina (Acolhe UFSC) convida psicólogas e psicólogos, estudantes de Programas de Pós-Graduação da UFSC e egressos que estejam aptos a participar do projeto de extensão “Acolhimento psicossocial à comunidade UFSC em tempos de Pandemia da Covid-19”. Uma reunião para apresentar o projeto e esclarecer dúvidas ocorrerá na sexta-feira, 23 de abril, às 16h, por meio do Google Meet.

A participação é voluntária e fundamental para que a Comissão possa organizar e oferecer acolhimento aos membros da comunidade universitária que estão ou tiveram Covid-19, perderam pessoas queridas nesse período, ou estão sofrendo com impactos do distanciamento social, estudo ou trabalho remoto durante a Pandemia.

O convite é direcionado a psicólogos clínicos ou psicólogos de equipes de gestão dos casos, com experiência clínica prévia, que possam dedicar, no máximo, quatro horas por semana ao projeto. Por meio do projeto, espera-se poder oferecer acolhimento à comunidade universitária por profissionais da psicologia vinculados à UFSC ou não, via referenciais da psicoterapia breve, da saúde mental coletiva e da atenção psicossocial, realizado de maneira remota.

Os interessados em contribuir que não puderem participar da reunião poderão entrar em contato pelo e-mail . A equipe do Acolhe UFSC solicita que informem a respeito da experiência clínica e de seu interesse em participar do projeto. Em seguida, será enviado um formulário de inscrição.

O chamamento foi feito por meio de uma carta aberta, assinada por Ana Marsilac, Cor Lima, Daniela Schneider, Jeferson Rodrigues e Letícia Duarte, membros da Comissão. Na carta, o grupo conclama aqueles que fizeram parte de sua formação profissional na UFSC a especialmente oferecerem sua solidariedade com a comunidade universitária. “Neste momento mais do que nunca, no segundo ano desta situação da Covid-19, onde já se somam mais de 350 mil mortos, estamos expostos a situações críticas de adoecimento, insegurança é fundamental preservarmos nossa saúde mental! A Comissão Permanente de Monitoramento da Saúde Psicológica foi criada nesse sentido, mas precisa do seu apoio! Os números de afastamento do trabalho e queixas de sintomas de adoecimento mental estão muito altos, nossos dados vêm mostrando o aumento da intensidade do sofrimento psíquico. Para resistir, viver, refletir e elaborar essas dores que nos atravessam, pedimos sua ajuda, porque você está implicado com essa Universidade!”

Mais informações:
Acolhe UFSC

Fonte: Notícias UFSC

Tags: Acolhe UFSCacolhimentoCovid-19pandemia

UFSC manifesta-se em solidariedade às vitimas da Covid-19; oferece acolhimento psicológico

25/03/2021 15:59

A Covid-19 já tirou mais de 300 mil vidas no Brasil e cerca de 10 mil vidas em Santa Catarina. Em sinal de respeito e solidariedade pelas famílias que passam por momentos difíceis neste momento, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aderiu à campanha nacional, em um ato simbólico, em memória das vítimas da doença causada pelo novo Coronavírus. No mesmo ato, a UFSC une-se a muitas vozes que mais uma vez pede pela vacinação em massa da população.

A iniciativa consiste na fixação de faixas pretas nas fachadas das instituições com a mensagem “Luto pela vida” e “Universidade pelas vacinas”. Algumas instituições também publicaram nas redes sociais mensagens de luto. Além da UFSC, participam universidades federais do Pará (UFPA), de São Carlos (UFSCar), do ABC (UFABC), de Santa Maria (UFSM), do Paraná (UFPR) e do Rio Grande do Norte (UFRN) e estaduais como a USPUnesp e Unicamp. A Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) também se manifestou. Atos em memória das vítimas também foram organizados pelo Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc).

>> Covid-19: um ano de pandemia na UFSC

Antes que o Brasil e Santa Catarina chegassem a essa triste marca, os pesquisadores e pesquisadoras da UFSC têm se engajado em pesquisa e ações de extensão, além de centenas de entrevistas à imprensa, alertando a população e o poder público para a ameaça que a doença representa. Sociedades médicas e científicas se pronunciaram a respeito da ausência de eficácia nos tratamentos não reconhecidos pela ciência, e há um esforço coletivo de cientistas para estimular a população a entender melhor as vacinas contra a Covid-19, e apoiar seu uso. Campanhas organizadas pelo Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc-Sindical) e pelo Observatório COVID-19 BR têm mobilizado a comunidade da UFSC, para esclarecer dúvidas sobre as vacinas e combater a disseminação de notícias falsas.

>> Covid-19: pesquisadores da UFSC apontam causas e soluções para o colapso

Desde fevereiro, estruturas montadas no campus da UFSC em Florianópolis pela Prefeitura Municipal, e com o auxílio voluntário de professores e estudantes da UFSC, já vacinou milhares de pessoas. Nesta quinta, sexta e sábado, de 25 27 de março, a  espera-se que um grande número de pessoas seja imunizado nos espaços cedidos pela UFSC.

“A Ciência continua dizendo: fiquem em casa; usem máscara; evitem aglomeração!
E se o Estado não respeita a ciência, nós respeitamos.”
Ubaldo Cesar Balthazar, reitor da UFSC, em 9 de março de 2021.

Acolhimento

Lidar com o luto, especialmente durante a pandemia, é mais que lidar com a perda de vidas. Também inclui perdas relativas à vida que tínhamos antes da pandemia, o convívio social, a liberdade. Segundo a professora do Departamento de Psicologia Ivânia Jann Luna, esses muitos lutos precisam ser compreendidos. Luna coordena o Laboratório de Processos Psicossociais e Clínicos no Luto (LAPPSIlu), lançou um livro relacionado e criou o grupo de apoio para enlutados pela Covid-19.

“A pandemia ameaça a nossa visão sobre o modo estabelecido de se viver em sociedade, e isso por si só gera um luto relacionado a reconstruir um novo presente coletivo e um futuro. Estes lutos geram medo, raiva, culpa, ansiedade e angústia bem como a busca por culpados ou soluções milagrosas, negando o processo de enlutamento envolvido”, salientou em uma entrevista recente.

Acolher quem sofre é missão da AcolheUFSC, iniciativa da Comissão Permanente de Monitoramento da Saúde Psicológica Universitária, que visa dar suporte e acompanhamento psicológico específico aos efeitos da Covid-19 sobre a comunidade universitária. Pelo site e por e-mail, a equipe multidisciplinar busca trazer apoio aos estudantes, técnicos-administrativos em Educação e docentes, além da comunidade externa à UFSC.

Acolhimento individual

HU-UFSC Emergência Adulto
Atividade: Atendimento de situações de urgência e emergência em saúde mental (ideação suicida, tentativas de suicídio e  intoxicação exógena) e situações de violências
Público-alvo: Pessoas a partir de 15 anos de idade (comunidade em geral)
Forma de acesso: Atendimento porta aberta a qualquer hora do dia.
Dia e horário de funcionamento: Todos os dias da semana, 24 horas.
Contato: (48) 3721 9140
Site: http://www2.ebserh.gov.br/web/hu-ufsc

HU-UFSC Emergência Pediátrica
Atividade: Atendimento de situações de urgência e emergência em saúde mental (ideação suicida, tentativas de suicídio e  intoxicação exógena) e situações de violências
Público-alvo: Crianças e adolescentes de 4 a 14 anos e 11 meses de idade (comunidade em geral)
Forma de acesso: Atendimento porta aberta a qualquer hora do dia.
Dia e horário de funcionamento: Todos os dias da semana, 24 horas.
Contato: (48) 3721 8052 ou (48) 3721 9870
Site: http://www2.ebserh.gov.br/web/hu-ufsc

Serviço de Atenção Psicológica (SAPSI)
Atividade: Acolhimento Psicológico
Público-alvo: Atendimento à comunidade geral
Forma de acesso: Atendimento por demanda espontânea, condicionado à disponibilidade de plantonista no dia. Preenchimento dos horários por ordem de chegada ao serviço.
Dia e horário de funcionamento: Atividade presencial suspensa durante a pandemia. No momento, apenas online. Agendamentos por e-mail
Contato: (site: sapsi.paginas.ufsc.br).

Projeto – Acompanhamento Terapêutico LAPCIP
Atividade: Acompanhamento Terapêutico
Público-alvo: Atendimento à comunidade geral
Forma de acesso: Encaminhamentos pelos serviços da Rede Municipal de Florianópolis e pela UFSC.
Dia e horário de funcionamento: Os dias e horários de atendimento, bem como número de vagas disponíveis variam a cada semestre.
Contato: , , lapcip.paginas.ufsc.br

CDGEN – CUIDA
Atividade: Local de escuta, acolhimento apoio e denúncias para mulheres a comunidade LGBTQI+ da UFSC, nas questões relacionadas à: ● LGBTfobia; ● Violência contra a mulher nos espaços da universidade; ● Sofrimento psíquico relacionado a vivência de violências relacionadas à orientação sexual e/ou contra a mulher na comunidade universitária.
Público-alvo: Estudantes
Forma de acesso: Porta aberta, acesso neste momento por e-mail. Antes da pandemia o acesso também era presencial.
Dia e horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h
Contato:  

Coordenadoria de Acessibilidade (CAE)/SAAD
Atividade: Entre outras demandas, a CAE realiza acolhimento dos estudantes com deficiência em situação de sofrimento psíquico ligado à vivência de violências relacionadas à condição de pessoa com deficiência
Público-alvo: Estudantes com deficiência
Forma de acesso: Procura espontânea. No momento, atendimentos apenas por e-mail.
Dia e horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h
Contato:

Coordenadoria de Relações Étnico Raciais(CRER)/SAAD
Atividade: Entre outras demandas, a CRER realiza o acolhimento de estudantes indígenas, quilombolas e negros em situação de sofrimento psíquico ligado à vivência de violências relacionadas à questão racial.
Público-alvo: Estudantes negros, indígenas e quilombolas
Forma de acesso: Procura espontânea. No momento, atendimentos apenas por e-mail e WhatsApp.
Dia e horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h
Contato: 48 3721-6095 (WhatsApp)/

CoAEs/PRAE/Fpolis/Psicologia Educacional
Atividade: Conversas com professores e coordenações de curso
Público-alvo: Professores e Coordenações de curso
Forma de acesso: procura espontânea dos cursos ou a partir da equipe da PRAE
Contato: e-mail: – site: prae.ufsc.br/psicologia

Psicologia Educacional/ Setor de Apoio ao Estudante do campus Araranguá SAE/ARA
Atividade: Atendimentos Psicológicos  respeitando a perspectiva de trabalho em Psicologia Educacional, são realizados atendimentos individuais e em grupo.
Público-alvo: Estudantes
Forma de acesso: Agendamentos
Dia e horário de funcionamento: Agendamentos
Contato: /https://apoioaoestudante.ararangua.ufsc.br/servico-de-psicologia-educacional/

Campus Blumenau NUPE- Núcleo Pedagógico
Atividade: Atendimento Individual- Psicologia Educacional
Público-alvo: Todos os estudantes do Campus
Forma de acesso: Atendimentos com agendamento prévio
Dia e horário de funcionamento: Conforme agendamento
Contato: Whatsapp 48 3721-3342 das 13h ás 18h/

Campus Joinville/Setor de Assistência Estudantil/e Psicologia Educacional
Atividade: Atendimentos de psicologia clínica: atendimentos no formato de psicoterapia breve, realizados por estagiárias do último ano de cursos de Psicologia de Joinville.
Público-alvo: Estudantes de graduação, prioritariamente, aqueles com cadastro PRAE ou oriundos de escola pública
Forma de acesso: Inscrições realizadas durante o ano todo, por e-mail ou no setor.
Dia e horário de funcionamento: Atendimentos individuais, semanais, com hora marcada.
Contato:   ou

Campus Joinville/Setor de Assistência Estudantil/e Psicologia Educacional
Atividade: Acolhimento e orientação a vítimas de preconceito e violência

Estudantes de graduação e pós-graduação em sofrimento psíquico relacionado a vivência de preconceito ou violência no ambiente universitário.
Público-alvo: Estudantes
Forma de acesso: Atendimentos individuais,  geralmente, com uma das assistentes sociais e a psicóloga do setor de Assistência Estudantil, com hora marcada.
Dia e horário de funcionamento: Durante toda a semana, no horário de expediente das servidoras.
Contato:   ou

Campus Joinville/Psicologia Organizacional
Atividade: Acolhimento e orientação de servidores.
Público-alvo: Servidores do Campus Joinville.
Forma de acesso: Atendimentos individuais realizados em horários marcados anteriormente.
Dia e horário de funcionamento:  Durante toda a semana, no horário de expediente da servidora.
Contato:

Campus Curitibanos -SAE/Serviço de Assistência Estudantil/Psicologia Educacional
Atividade: Acolhimento psíquico
Público-alvo: Estudantes de graduação
Forma de acesso: Por meio de preenchimento de formulário que se encontra na página da Assistência Estudantil: http://assistenciaestudantil.curitibanos.ufsc.br/
Dia e horário de funcionamento: Conforme combinado com o estudante por e-mail.
Contato:  -http://assistenciaestudantil.curitibanos.ufsc.br/agendamento-psicologo/ Fone:(48) 3721-7193

Psicologia Educacional CoAEs/PRAE/Florianópolis
Atividade: Orientação em relação à vida universitária e acadêmica a estudantes de graduação público-alvo da Assistência Estudantil
Público-alvo: Estudantes de baixa renda ou oriundos de escola pública
Forma de acesso: Solicitação do estudante por e-mail
Dia e horário de funcionamento: Conforme agendamento/Atendimentos Contínuos
Contato:

Atendimento individual e grupal

Campus Curitibanos -Projeto: “Giro dos Afetos” – SAE/Serviço de Assistência Estudantil
Atividade: Atendimento grupal -sofrimento psíquico, dificuldade de aprendizagem e violações dos direitos humanos
Público-alvo: Estudantes de graduação e de pós-graduação
Forma de acesso: http://assistenciaestudantil.curitibanos.ufsc.br/projeto-giro-dos-afetos-grupo-de-escuta-e-partilha/
Dia e horário de funcionamento: Às sextas-feiras, às 13:30
Contato:

DiSS/DAS/PRODEGESP
Atividade: Realização de atendimentos individuais e grupais aos servidores, com acolhimento, acompanhamento e encaminhamento de demandas. Em saúde mental, as demandas mais frequentes são:  dependência química, sofrimento mental,adoecimento e afastamento por LTS, conflitos laborais, queixas de assédio moral, dentre outras.
Público-alvo: Servidores da UFSC (todos os campi) e de órgãos partícipes da Unidade SIASS/UFSC
Forma de acesso: Porta aberta, acesso neste momento por e-mail ou por telefone. Antes da pandemia o acesso também era presencial, sem precisar de agendamento
Dia e horário de funcionamento: Segunda a Sexta, das 7 às 19h
Contato: 48) 3721-4270/

Atendimento grupal/Grupos

SaPsi
Atividade: Grupo de Psicoterapia Breve. Ofertados grupos em período matutino e vespertino. Realizados 12 encontros.
Público-alvo: Atendimento à comunidade em geral
Forma de acesso: Incrições por-email, no início de cada semestre. Realizadas entrevistas de triagem com os interessados
Dia e horário de funcionamento: Atividade realizada atualmente na modalidade remota.
Contato: E-mail: site: sapsi.paginas.ufsc.br./Telefone: 3721-9402

Atividade: LIOP – Profissões, Carreiras e Projeto de Vida
Público-alvo: Atendimento à comunidade geral
Forma de acesso: Em geral, ocorrem inscrições presenciais, por email ou telefone. Cada projeto define seu período de inscrição
Dia e horário de funcionamento: Duração, dias e horários definidos de acordo com cada projeto. Atividade adaptada para a modalidade remota.
Contato: e-mail: /Site: www.facebook.com/liop.ufsc https://sapsi.paginas.ufsc.br/liop/

Atividade: Atendimento em Grupo (Cessação ao Tabagismo, Adoção, Treinamento em Habilidades Sociais, Treinamento de Pais, problemas de pele, entre outros projetos de extensão)
Público-alvo: Atendimento à comunidade geral (público-alvo definido conforme objetivo do grupo)
Forma de acesso: Em geral, ocorrem inscrições presenciais, por email ou telefone. Cada projeto define seu período de inscrição.
Dia e horário de funcionamento: Atividade mantida na modalidade remota
Contato: Email: site: sapsi.paginas.ufsc.br.

Rodas de conversa temáticas

Fórum sororidade sincera Campus Araranguá
Atividade: Grupo que reúne diferentes coletivos estudantis e articula rede de sororidade e ações acerca dos temas: violências de  gênero e sexualidade.
Público-alvo: Estudantes
Forma de acesso: Participação livre
Dia e horário de funcionamento: Reunião on-line sem periodicidade fixa. Acompanhar atividades pelo Instagram do Fórum https://www.instagram.com/sororidade.sincera
Contato: Atividade remota com apoio do SAE/ARARANGUÁ

CoAEs/PRAE/Psicologia Educacional
Atividade: Rodas de Conversa temáticas
Público-alvo: Estudantes de Graduação da UFSC, preferencialmente aqueles público-alvo da Assistência Estudantil
Forma de acesso: Procura espontânea do estudante ou a partir da equipe da PRAE
Dia e horário de funcionamento: Segunda a sexta. 7h às 12h e 14h às 19h. Em tempos de pandemia, verificar no contato
Contato: e-mail:  /site: prae.ufsc.br/psicologia

Campus Blumenau
Atividade: Rodas de Conversa Temáticas.
Público-alvo: Todos os estudantes do Campus
Forma de acesso: Divulgação nas redes sociais do Campus e no site do Nupe
Dia e horário de funcionamento: Conforme orientações de divulgação no site. Conforme demanda
Contato: https://nupe.blumenau.ufsc.br/

Atividade: Oficinas sobre Estratégias de Estudo, organização e gestão do tempo.
Público-alvo: Para cursos do campus
Forma de acesso: De acordo com a demanda por solicitação dos Coordenadores de Curso. Divulgação por e-mail pelas Coordenações de Curso
Dia e horário de funcionamento: Conforme demanda
Contato: https://nupe.blumenau.ufsc.br/

Campus Joinville Psicologia Organizacional
Atividade: Rodas de conversa sobre temas de saúde mental, com servidores do Campus Joinville
Público-alvo: Servidores do Campus Joinville.
Forma de acesso: Grupos abertos oferecidos em horários determinados.
Dia e horário de funcionamento: Mensalmente, em dias a serem estabelecidos.
Contato:

Psicologia Educacional Curitibanos
Atividade: Projeto Ciranda estudantil. Realização de rodas de conversa sobre temas referidos às realidades estudantis e da sociedade.
Público-alvo: Estudantes de todos os campi e aberto ao público
Forma de acesso: http://assistenciaestudantil.curitibanos.ufsc.br/2868-2/
Contato: /

Atividade: Tropeiros: Masculinidades em debate – Rodas de conversa sobre masculinidades
Público-alvo: Aberto ao público
Contato:

CDGEN/SAAD
Atividade: Grupo Refletindo Masculinidades -Tem como objetivo refletir sobre como é construída e vivenciada a(s) masculinidade(s) em nossa sociedade e no espaço universitário.
Público-alvo: Estudantes, docentes e TAEs homens
Forma de acesso: Incrições pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd7lNfgcJ1UIcbL057m4wajMwkmDDLtiAs-rSUBuxJXIMtRNQ/viewform
Dia e horário de funcionamento: Encontros quinzenais. Atualmente ocorrem pela plataforma Google Meet
Contato:

Atividade: Grupo Roda de Compartilhamento para Mulheres – A proposta dos encontros é construir mutuamente um local seguro de troca e acolhimento, tão necessários nesse momento de pandemia e de ensino remoto.
Público-alvo: Estudantes, docentes e TAEs mulheres
Forma de acesso: pelo linkhttps://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSee99bYWjtSuaXdEP7LuZbpEGGe3cpq5QxtQwpfHJ-niIV5cg/viewform
Dia e horário de funcionamento: Encontros quinzenais pela plataforma Google Meet
Contato:

Setor de Apoio ao Estudante do campus Araranguá – SAE/ARA
Atividade: Grupo Gênero e Sexualidade -Grupo de acolhimento, escuta e apoio para estudantes com foco nas populações LGBTTQ+ diante das violências de gêneros nos espaços da universidade
Público-alvo: Estudantes
Forma de acesso: Participação livre
Dia e horário de funcionamento: Reformulado durante a Pandemia com atividades on-line/Semanal Terças-feiras às 12:30
Contato:

Laboratório de Psicologia Social da Comunicação e Cognição (Laccos)
Atividade: Grupo “Velho, eu?” O intuito desta atividade de extensão é “compartilhar de experiências, informações e reflexões sobre o processo de envelhecimento e a vivência da(s) velhice(s) na atualidade
Público-alvo: Pessoas de 60 anos de idade ou mais. Comunidade interna e externa.
Forma de acesso: Inscrições no link http://encurtador.com.br/lCSW0
Dia e horário de funcionamento: segundas-feiras, das 15h às 16h30, no período entre 8 de março e 12 de abril (6 encontros)
Contato:

Comitê de Atenção Psicossocial Araranguá
Atividade: Encontros temáticos
Público-alvo: Servidores e estudantes
Forma de acesso: Divulgação das formas de participação pelo site
Dia e horário de funcionamento: Programação divulgada no site
Contato: https://atencaopsicossocial.ararangua.ufsc.br/

Outros projetos

Medita UFSC
Atividade: Medita UFSC: Gratuito e aberto a toda a comunidade, o projeto visa oferecer a oportunidade de participar de meditações guiadas coletivas.
Público-alvo: Comunidade universitária
Forma de acesso: Incrições pelo link encurtador.com.br/bCNUX
Dia e horário de funcionamento: Semanal, todas as quartas-feiras às 12h
Contato: Mais informações pelo Instagram @meditaufsc ou pela página do Facebook: https://www.facebook.com/meditaUFSC

Paraquedas coloridos
Atividade: Projeto de Extensão de Escrita Livre e Coletiva
Público-alvo: Toda comunidade universitária
Forma de acesso: Envio de textos para o e-mail do projeto
Dia e horário de funcionamento: Publicações conforme demanda
Contato: https://www.instagram.com/paraquedascoloridos/

Grupo Stacatto
Atividade: Projeto de Extensão de Música e Canto
Público-alvo: Toda comunidade universitária
Forma de acesso: Participação livre
Dia e horário de funcionamento: Encontros todas as sextas às 12h30 na sala 312A – Jardim das Avenidas, Araranguá. Durante a pandemia, atividades online
Contato: https://www.instagram.com/staccatogrupo/

Tags: acolhimentoCoronavírusCovid-19lutopandemiaufsc

Covid-19: um ano de pandemia na UFSC

19/03/2021 16:35

A decisão foi tomada em um domingo à tarde. A Administração Central da UFSC, no dia 15 de março de 2020, assessorada por especialistas, buscou evitar que, no dia seguinte, milhares de pessoas se deslocassem até os cinco campi da Universidade. Dias antes já havia suspendido formaturas, solenidades e eventos. Começava assim um processo que já dura um ano. Uma nova realidade para mais de 47 mil pessoas que, do dia para a noite, deixaram de conviver presencialmente.

Primeiro suspenderam-se as aulas presenciais. Assim, os quase 40 mil alunos deixaram de ir à Universidade logo no dia seguinte, 16 de março. Em seguida, os técnicos-administrativos em Educação e os professores transferiram suas atividades de trabalho para o ambiente de suas casas. Todos com as mesmas atribuições, mesma carga horária e mesmas responsabilidades, em um novo ambiente. Ninguém parou. Aos poucos, as cidades decretaram suas restrições, e instalou-se uma nova espera. Quando poderíamos voltar?

Um ano depois, não há resposta para essa pergunta. Enquanto isso, as equipes da UFSC se dividem entre aqueles que trabalham de suas casas e aqueles que ainda se deslocam para os campi para fazerem a segurança, a pesquisa, o atendimento no Hospital Universitário e outros serviços que são feitos presencialmente.

“Um ano atrás, a UFSC decidiu, corajosamente, adotar medidas de distanciamento com um único propósito: preservar vidas! Fomos chamados de precipitados, recebemos críticas, diziam que era cedo para suspender atividades. A doença, contudo, revelou que estávamos no caminho certo! Mais do que isso: passado um ano, estamos em situação muito mais grave. Milhões de pessoas contraíram a Covid-19, e as mortes se multiplicam em escala assustadora. Desde o início, faltou um plano nacional de enfrentamento à pandemia. Estados e municípios, empresas públicas e privadas, cidadãos e cidadãs ficaram perdidos. Nossa maior aliada, desde o início, foi a Ciência! E nós, na Universidade Federal, sempre deixamos claro que a Ciência foi nossa principal orientação. Nunca paramos de trabalhar, mas tivemos que alterar profundamente nossa rotina”, escreveu o reitor Ubaldo Cesar Balthazar em uma nota publicada na última terça-feira, dia 9.

As profundas alterações no nosso cotidiano afetaram todas as atividades da UFSC. Mudou a forma de gerir e disseminar a cultura e arte, as atividades desportivas, as relações internacionais, as atividades ligadas à inovação, e, principalmente o ensino, a pesquisa, a extensão e a gestão universitária.

Nesta reportagem especial, leia relatos, depoimentos, e dados dos últimos 12 meses de isolamento social, de cuidado e respeito à vida. Mergulhe nas histórias da UFSC durante a pandemia nas matérias abaixo:

Um ano depois: trabalho marcado pela adaptação de rotinas e procedimentos

Um ano depois: pesquisa se estendeu da busca por vacina ao estudo dos impactos psicossociais da pandemia

Um ano depois: transição para o ensino remoto exigiu superação de desafios e criatividade

Um ano depois: atividades e projetos de extensão alcançaram mais de 453 mil pessoas

Klay Silva, Luana Consoli, Thaís Martins / estagiárias da Agecom
Mayra Cajueiro Warren e Luís Carlos Ferrari / Agecom

Tags: CoronavírusCovid-19pandemiaufscUFSC Blumenau

Ubaldo Cesar Balthazar: ‘Nossa maior aliada, desde o início, foi a Ciência!’

09/03/2021 19:41

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ubaldo Cesar Balthazar divulgou, nesta terça-feira, 9 de março, uma mensagem aos servidores docentes e técnicos-administrativos em Educação, estudantes e população catarinense.

Confira a nota, e o vídeo, abaixo.

 

Um ano atrás, nós começávamos a dura batalha contra o desconhecido. Uma pandemia que assustava e tirava o nosso sono.

Um ano atrás, a UFSC decidiu, corajosamente, adotar medidas de distanciamento com um único propósito: preservar vidas!

Fomos chamados de precipitados, recebemos críticas, diziam que era cedo para suspender atividades. A doença, contudo,  revelou que estávamos no caminho certo!

Mais do que isso: passado um ano, estamos em situação muito mais grave. Milhões de pessoas contraíram a COVID-19, e as mortes se multiplicam em escala assustadora. 

Desde o início, faltou um plano nacional de enfrentamento à pandemia. Estados e municípios, empresas públicas e privadas, cidadãos e cidadãs ficaram perdidos. Nossa maior aliada, desde o início, foi a Ciência!

E nós, na Universidade Federal, sempre deixamos claro que a Ciência foi nossa principal orientação.

Nunca paramos de trabalhar, mas tivemos que alterar profundamente nossa rotina. 

As atividades essenciais – especialmente saúde e segurança – passaram a atuar com assombroso protagonismo. Foram nossos profissionais de saúde, nossos pesquisadores, nossos vigilantes, porteiros, que cuidaram da vida e de nosso patrimônio.

E eles estão sobrecarregados.

A pandemia não dá trégua, não respeita a economia, não pergunta se estamos vacinados. A pandemia mata e vai continuar matando.

Nosso papel é coordenar docentes e técnicos para que consigamos superar a ameaça da pandemia e oferecer à sociedade soluções. 

Na pesquisa, na reflexão sobre os danos, na busca científica por medidas que o estado deve adotar, porque cabe ao Estado, em suas diferentes esferas, proteger a Nação.

Nossas aulas voltaram quando tínhamos as condições objetivas de retomá-las – e não quando alguém supôs que era hora. 

A Ciência continua dizendo: fiquem em casa; usem máscara; evitem aglomeração!

E se o Estado não respeita a ciência, nós respeitamos. 

Em Florianópolis, em Araranguá, em Blumenau, em Curitibanos e em Joinville, a UFSC está mais do que nunca presente! Mesmo com sua comunidade fisicamente distante, nossa atuação está em cada médico e médica, cada enfermeiro e enfermeira, cada pesquisador, cada pesquisadora, que insistem, que teimam, que fazem questão de reafirmar: fiquem em casa! 

Não há remédio para o vírus, mas há vacina! E, de novo, a falta de planejamento do estado, a negação da ciência, nos trouxeram até aqui. 

Há vacina, mas são poucas ainda.

E até que estejamos protegidos, todos protegidos, vamos manter nossa seriedade, nossa responsabilidade e defender, de maneira categórica e irremediável, a Ciência, para fazer o que fizemos um ano atrás: salvar vidas!

 

Ubaldo Cesar Balthazar
Reitor da UFSC

Tags: Covid-19nota oficialpandemiareitorufsc

Coronavírus: Direção prorroga vigência das normas de acesso e conduta nas dependências do Campus Blumenau até 22 de maio de 2021

02/12/2020 19:58

A Direção Geral do Campus Blumenau da UFSC prorrogou, até 22 de maio de 2021, a vigência das normas de acesso e condutas nas dependências do Campus em razão da pandemia de Covid-19.

Os (as) docentes que possuem estudantes com acessos autorizados para esse ano, devem verificar a permanência ou não da concessão e informar a Direção Geral () para atualização da planilha de acessos.

Novas autorizações devem seguir o trâmite normal de preenchimento do formulário de solicitação de uso do espaço.

Para acessar o manual completo com as normas, clique aqui.

(Camila Collato/Serviço de Comunicação UFSC Blumenau)

Tags: acessoCovid-19normaspandemiasaúdeUFSC Blumenau

Câmara de Graduação aprova processo seletivo não presencial para ingresso na UFSC em 2021

18/11/2020 15:51

A Câmara de Ensino da Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) aprovou nesta quarta-feira, 18 de novembro, a adoção de um processo seletivo não presencial para ingresso de estudantes na Universidade em 2021. Pela proposta aprovada, a ocupação de vagas nos cursos de Graduação será assim distribuída: 30% das vagas destinadas para preenchimento através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e 70% das vagas através de um processo seletivo não presencial, que utilizará como critério a nota que o candidato obteve nas edições do Enem entre 2009 e 2021. Para se tornarem definitivas, essas decisões deverão passar por análise e aprovação do Conselho Universitário (Cun), que se reunirá nos próximos dias.

Pelo calendário acadêmico elaborado no final de 2019, o Vestibular 2021 da UFSC estava programado para ocorrer no início de dezembro. A situação de emergência em saúde pública provocada pela pandemia de Covid-19, porém, impactou todas as atividades acadêmicas e administrativas na UFSC. O trabalho remoto foi adotado pela instituição em março e a partir de agosto as aulas também passaram a ser oferecidas em modalidade não presencial.

O vestibular de meio de ano, para ingresso no curso de Medicina em Araranguá e vagas remanescentes de outros cursos, foi convertido em um processo seletivo não presencial que utilizará médias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Recentemente, a portaria 379/2020/GR prorrogou até 22 de maio de 2021 a suspensão de quaisquer atividades administrativas e acadêmicas presenciais, com exceção dos setores de saúde, segurança e das situações de caráter inadiável e essencial. Em relação ao ingresso de alunos para o ano de 2021, a UFSC estava planejando realizar a seleção em abril ou maio.

Segurança

A adoção do processo seletivo não presencial junto com o Sisu foi uma decisão Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) em conjunto com a Administração Central, após diversos estudos e análises de cenários. Ao final, optou-se por um formato que evitará aglomeração, uma vez que a proximidade entre as pessoas é um fator relevante para aumento do contágio.

Em ofício enviado à Prograd, a Coperve apresentou estimativa de participação de 25 mil candidatos no Vestibular 2021, distribuídas em pelo menos 28 cidades do Estado. O apoio logístico a um concurso presencial exigiria a participação de outras 2.500 pessoas (entre coordenadores, fiscais, limpeza, segurança), sendo que 80% desse total é integrado por professores, servidores técnico-administrativos e alunos da UFSC. “É preciso considerar, também, a participação do público externo, que durante a realização do Vestibular interage com os candidatos nos locais e nos meios de locomoção da cidade onde são realizadas das provas”, salienta o documento.

A Coperve ressalta a impossibilidade de garantir segurança sanitária em um processo seletivo presencial tradicional, citando vários fatores: a inexistência de uma vacina e incertezas sobre políticas públicas de imunização coletiva até meados de 2021; a necessidade de deslocamentos de um grande número de candidatos, que procedem de várias regiões do País e cidades de Santa Catarina, sem possibilidade de saber neste momento se os transportes e deslocamentos estarão liberados.

A complexidade logística de realização de provas presenciais também é um fator importante na decisão: necessidade de um número reduzido de alunos por sala de aula (para garantir os distanciamentos) e todos com um mínimo de proteção individual (uso de máscaras) e proteção coletiva (uso de álcool gel, limpeza e desinfecção contínua de ambientes como banheiros), e medição de temperatura de cada candidato inscrito no momento de adentrar ao local de prova para verificação de uma condição mínima de saúde.

Abrangência

No ofício, a Coperve também defende a adoção das médias do Enem como critério dos processos seletivos não presenciais. Em Santa Catarina, nos anos de 2019 e 2020, o número de inscrições totalizou 231.885. Para o Enem 2021, o número de participantes é de aproximadamente 5,6 milhões em todo o país.

(Fonte: Notícias da UFSC)

Tags: pandemiaufscVestibular
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2