Bloqueio no orçamento: acompanhe as últimas informações e deliberações

12/09/2019 17:26

(Atualizado em 12/09/2019)

Liberação parcial de recursos garante RUs abertos até outubro

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) comunica que, tendo em vista a liberação de 7% do orçamento anual da Universidade Federal de Santa Catarina neste mês de setembro, será possível garantir que os Restaurantes Universitários da UFSC permaneçam abertos normalmente por pelo menos cerca de 30 dias.

Antes da liberação dos valores havia a previsão de que os RUs abririam somente para os estudantes isentos a partir de 15 de setembro. Com a liberação, portanto, será possível manter os RUs funcionando até pelo menos 15 de outubro.

As medidas de contenção orçamentária anunciadas continuarão a ser revistas diariamente, seguindo possíveis alterações anunciadas pelo Governo Federal que tenham impacto direto na Universidade.

(Fonte: Notícias UFSC)

 


(Atualizado em 09/09/2019)

Bloqueio orçamentário: categorias discutem situação da universidade

A Direção do Campus Blumenau da UFSC informa que está aguardando as manifestações das entidades representativas das categorias universitárias – estudantes, técnicos-administrativos e docentes – para avaliação das próximas medidas a serem tomadas quanto à paralisação ou não das atividades letivas.

Conforme informe enviado aos alunos e servidores do Campus Blumenau, em 05/09/2019, atualmente o cronograma de debates encontra-se na seguinte situação:

  • Estudantes - por meio das suas instâncias representativas (Diretório Central e Centros Acadêmicos), estão promovendo reuniões para discussão das seguintes pautas: greve geral, suspensão do vestibular e mobilizações. Em Blumenau, os estudantes dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Química; e Licenciatura em Matemática deliberaram, no dia 5/9, pelo Estado de greve até o dia 10/9 (leia nota abaixo). Os estudantes dos cursos de Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Têxtil e Engenharia de Materiais estão em assembleia, nesta segunda-feira (9/9), e ainda não há posicionamento oficial divulgado.
  • Docentes - A Associação dos Professores da Universidade Federal de Santa Catarina (Apufsc) está convocando os docentes para reunião ampliada no dia 10/9. A entidade apoia a mobilização estudantil que reivindica greve geral imediata, porém entende que a articulação deve ser nacional para ser efetiva (leia aqui).
  • Técnicos – O Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc) fará assembleia geral no dia 12/9 no hall da Reitoria. Será feita avaliação da paralisação realizada no dia 3/9 e uma análise de conjuntura para decisão dos próximos passos da mobilização (leia aqui).

A Direção considera legítima a pauta de defesa da educação pública superior sustentada pelos segmentos da comunidade acadêmica e se coloca à disposição para o diálogo.

Tão logo tenhamos novas informações, manteremos os servidores e estudantes atualizados.

--

NOTA DOS CENTROS ACADÊMICOS DE LICENCIATURA EM QUÍMICA E MATEMÁTICA - CALIQ e CALMAT

Prezada comunidade acadêmica,

Em Assembleia Estudantil no dia 05 de setembro de 2019, das 18h30 às 21h30, 143 estudantes dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Química e Licenciatura em Matemática reuniram-se no Auditório da sede acadêmica para discutir os rumos do movimento estudantil frente à conjuntura posta pelas ações diretas do Governo Federal, por intermédio do Ministério da Educação. Após ampla discussão, 92% dos estudantes presentes deliberaram o ESTADO DE GREVE até o dia 10 de setembro de 2019. Ao final deste período, decidiu-se pelo início da GREVE GERAL dos e das estudantes.

É importante ressaltar que a deliberação de Estado de Greve até dia 10 de setembro para construção e organização da Greve Geral, foi um dos encaminhamentos referendados pela comunidade acadêmica em Assembleia Unificada, que aconteceu na segunda-feira, 02 de setembro, em Florianópolis. No entanto, os estudantes de Química e Matemática, tiveram autonomia e participaram em coletivo na construção das atividades da Greve, sendo tirados como encaminhamentos:

- Elaboração de nota informando sobre as deliberações votadas em Assembleia Estudantil;
- Criação das seguintes Comissões: de Segurança; de Alimentação; Financeira; de Mobilização Externa; de Formação; de Comunicação e Divulgação; e de Atividades Culturais e Artísticas;
- Criação de um Comando de Greve, composto por um representante de cada Comissão, um representante do CALIQ, um do CALMAT e um do DCE.
Atenciosamente,

Centro Acadêmico da Licenciatura em Química – CALIQ

Centro Acadêmico da Licenciatura em Matemática - CALMAT

--

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau)


(Atualizado em 05/09/2019)

Informes da Direção

O Conselho Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) se reuniu, no dia 3 de setembro, no auditório Guarapuvu em Florianópolis, para discussão sobre o posicionamento da instituição em relação à minuta do projeto de lei “Future-se”, apresentado pelo Governo Federal em julho deste ano e aberto para consulta pública online, até 29 de agosto. Com pauta única, a reunião teve como base as discussões feitas pela Assembleia Geral Universitária, realizada na segunda-feira (2/9) e demais debates promovidos pelas Unidades de Ensino (Centros) da UFSC.

A Direção do Centro de Blumenau, representada pelo professor João Luiz Martins, levou ao conhecimento do CUn deliberação retirada em Assembleia Geral do Campus Blumenau, no dia 30 de agosto e homologada pelo Conselho da Unidade na mesma data. O entendimento dado foi pela rejeição integral da minuta do projeto de lei, devido aos termos apresentados pelo documento em sua versão atual.

O CUn expediu uma moção na qual expressa, além da rejeição ao projeto, sua abertura ao diálogo com o Ministério da Educação (MEC) para a proposição de novas formas de aperfeiçoamento das instituições federais e ensino superior - leia aqui.

Permanência estudantil – Na última semana a Administração Central anunciou uma série de medidas para a contenção de gastos, de forma a manter o regular funcionamento da universidade pelo maior período possível, frente ao cenário de não liberação orçamentária, por parte do MEC, após o dia 15 de setembro.

Uma das ações de maior impacto seria restringir o acesso ao Restaurante Universitário apenas para estudantes com benefício de isenção concedido pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae). Também havia sido divulgada possível suspensão da concessão de novas bolsas e renovação das vagas de estágio, monitoria, pesquisa e extensão, a partir de novembro deste ano, em todos os setores administrativos e acadêmicos da UFSC.

Entretanto, na abertura da sessão do CUn, o reitor Ubaldo Cesar Balthazar, após ouvir os diretores dos Centros de Ensino, acolheu sugestões para buscar alternativas que permitam a continuidade do serviço de alimentação e da concessão de bolsas, apesar da necessidade de medidas restritivas. “Vamos manter o RU aberto até acabar o dinheiro. Acabando o dinheiro, o Restaurante fecha, a Universidade fecha”, afirmou.

O Campus Blumenau está colocando em prática uma série de ações visando resistir ao cancelamento do semestre. Apesar do cenário ser incerto, porém, a manutenção das bolsas e do Restaurante Universitário nos dá oxigênio para prosseguir. Entretanto, cientes que as mobilizações serão necessárias para que a reversão dos cortes se concretizem e desta forma possamos garantir a qualidade da formação dos nossos estudantes”, afirma o Diretor João Luiz Martins.

Vestibular 2020 – A Administração Central da UFSC expediu nota oficial, nesta quarta-feira (4/9), sobre o lançamento do edital do vestibular 2020 em conjunto com a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Houve alteração no cronograma de lançamento do certame pela necessidade de apreciação, pelo Conselho Universitário, da proposta de alteração da Resolução Normativa nº 52, que dispõe sobre a Política de Ações Afirmativas no âmbito da Universidade Federal de Santa Catarina para os Processos Seletivos de 2016 a 2022. Portanto, até o presente momento, o Vestibular 2020 está confirmado pela instituição.

Pautas das categorias – A Assembleia Geral Universitária realizada no dia 2/9 trouxe ao debate inúmeras pautas e proposições de ações das categorias da comunidade acadêmica – docentes, técnicos-administrativos e estudantes. Saiba mais:

  • Estudantes - por meio das suas instâncias representativas (Diretório Central e Centros Acadêmicos), estão promovendo reuniões para discussão das seguintes pautas: greve geral, suspensão do vestibular e mobilizações para o dia 7 de setembro (veja aqui).
  • Docentes - A Associação dos Professores da Universidade Federal de Santa Catarina (Apufsc) está convocando os docentes para reunião ampliada no dia 10/9. A entidade apoia a mobilização estudantil que reivindica greve geral imediata, porém entende que a articulação deve ser nacional para ser efetiva (leia aqui).
  • Técnicos – O Sindicato dos Trabalhadores da UFSC (Sintufsc) fará assembleia geral no dia 12/9 no hall da Reitoria. Será feita avaliação da paralisação realizada no dia 3/9 e uma análise de conjuntura para decisão dos próximos passos da mobilização (leia aqui).

Em tempo: a Direção do Campus se compromete em apresentar, semanalmente, novas informações a respeito deste cenário. Até o dia 15 de setembro do corrente ano o quadro é de normalidade.

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau, com informações Agecom/UFSC)

Tags: educaçãoorçamentoufsc

UFSC Blumenau sedia I Fórum Catarinense das Licenciaturas que Formam Professores que Ensinam Matemática

10/09/2019 20:02

O Campus Blumenau da UFSC recebe, nos dias 19 e 20 de setembro, o I Fórum Catarinense das Licenciaturas que Formam Professores que Ensinam Matemática. Promovido pela Diretoria Regional da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM-SC), em parceria com professores, coordenadores e gestores das instituições que oferecem cursos de Licenciaturas que formam professores que Ensinam Matemática, o Fórum traz como tema desta edição Desafios e perspectivas das licenciaturas catarinenses que formam professores que ensinam matemática no cenário atual.

O objetivo do evento será avaliar e debater, na comunidade acadêmica, políticas de implementação dos cursos de Licenciatura em Matemática e Pedagogia decorrentes das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura), formação continuada (Resolução CNE/CP nº 2/2015, aprovado em 1º de julho de 2015) e os diálogos com as Propostas Curriculares Municipais, Estaduais e Nacionais.

A programação abrange palestras, mesas-redondas, sessões de pôsteres, Grupos de Discussão e exposições de pesquisas realizadas na área. As inscrições seguem abertas até 19/09. Ao todo são 175 vagas, com  no máximo 35 inscritos por Grupo de Discussão. Será emitido certificado de 20 horas para os inscritos que participarem de, no mínimo, 75% das atividades do Fórum.

Público-alvo

• Professores, acadêmicos e demais profissionais que atuam na gestão e em Programas de Pós-Graduação ligados às Licenciaturas em Matemática, Pedagogia e Educação do Campo, presencial e/ou à distância;
• Professores que ensinam matemática na educação básica;
• Profissionais que atuam na formação de professores que ensinam matemática (coordenadores de curso, membros de Núcleo Docente Estruturante, coordenadores de PIBID e Residência Pedagógica, etc.);
• Pesquisadores que discutem a formação de professores que ensinam Matemática;
• Alunos de pós-graduação que pesquisam sobre a formação dos professores que ensinam Matemática;
• Alunos de graduação das licenciaturas envolvidas.

Informações

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau, com informações da Comissão Organizadora)

Tags: blumenaueducaçãofórumLicenciaturasmatematicaufsc

PRODEGESP abre edital para contratação temporária de docente no Departamento de Ciências Exatas e Educação

30/07/2019 18:16

A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Prodegesp) publicou, no dia 26/7, edital para processo seletivo simplificado para contratação de professor por tempo determinado.

Para o Campus Blumenau, há 01 (uma) vaga para o Departamento de Ciências Exatas e Educação (CEE), na área/subárea de conhecimento Educação.

O período de inscrições é de 29 de julho a 02 de agosto, das 8h às 11h30min e das 13h às 17h, na Secretaria dos Departamentos, localizada na Sala C204, na Sede Administrativa do Campus Blumenau (Rua João Pessoa, nº 2514, Bairro Velha, Blumenau/SC).

-----

Área/Subárea de conhecimento: Educação

Processo: 23080.050785/2019-35

Nº de vagas: 01 (uma).

Regime de Trabalho: 20 (vinte) horas semanais

Requisitos: Licenciatura em qualquer área e Mestrado ou Doutorado em Educação ou Educação Científica e Tecnológica.

DOCUMENTOS

 

programa de pontos que serão avaliados no processo segue descrito abaixo:

  • Pensamento pedagógico no Brasil: história e tendências contemporâneas;
  • A educação na história da humanidade: referências da antiguidade, do medievo, da modernidade e da pós-modernidade;
  • A educação científica e tecnológica no contexto da educação escolar;
  • Organização e Gestão da Educação a partir do currículo e do PPP – Projeto Político-Pedagógico
  • Políticas Curriculares para formação dos estudantes e da educação básica

Informações diretamente no CEE/UFSC - clique aqui para contatos

(Fonte: PRODEGESP/UFSC)

Tags: docenteEditaleducaçãoprofessorvaga

UFSC sedia audiências públicas do Fórum Municipal de Educação de Blumenau

25/07/2019 18:35

Nos dias 13 e 15 de agosto, o Campus Blumenau da Universidade Federal de Santa Catarina sediará duas audiências públicas do Fórum Municipal de Educação de Blumenau (FME). Ambas serão realizadas das 18h30 às 22h, no auditório da Sede Acadêmica (Rua João Pessoa, 2750, bloco B, 1º andar), com a participação do Prof. João Luiz Martins, Diretor do Campus, e da Profª Renata Orlandi, docente do Departamento de Ciências Exatas e Educação (CEE).

O Plano Municipal de Educação (PME) 2015/2024 nasceu com a aprovação da Lei 13.005/2014, que trata do Plano Nacional de Educação (PNE), que determina que, no prazo de 1 (um) ano, todos os municípios deverão ter o seu próprio plano. O PME possui, a exemplo do PNE, 20 metas, e que no município de Blumenau se desdobram em 338 estratégias, que foram construídas à época da elaboração do documento.

Em 2019, passados praticamente 40% do período de implementação do PME e no sentido de cumprir o que destaca o artigo da mesma Lei que o aprova, é necessário que se faça uma avaliação do que, neste período já passado, se conseguiu realizar, da mesma forma que precisamos discutir enquanto sociedade o que se faz necessário reorganizar para os próximos anos da vigência do plano.

Agora, no segundo semestre deste ano, realiza-se então um ciclo avaliativo do PME, do qual todos os cidadãos blumenauenses são convidados a participar.  Serão 06 (seis) audiências entre julho e agosto, cada uma com tema específico alinhados às metas previstas pelo documento (clique aqui ou na imagem ao lado para abrir a programação).

(Camila Collato/Comunicação UFSC Blumenau, com informações Prefeitura de Blumenau)

 

Tags: blumenaueducaçãofórum