Projeto de tecnologia inclusiva da Engenharia Têxtil desenvolve becas para coral da ACEVALI

18/09/2017 18:10

Estudantes produziram vestimentas com marcações em braile

Acessibilidade não se resume a eliminar barreiras: é uma ferramenta essencial para a expressão do indivíduo, inclusive, na arte e na cultura. Pensando nisso, um grupo de estudantes da disciplina de Introdução ao Design de Moda/PIDRIS, do curso de Engenharia Têxtil, sob orientação das professoras Grazyella Aguiar, Brenda Matos e Marilise Reis Sayão, desenvolveram becas para o coral da Associação dos Cegos do Vale do Itajaí (ACEVALI).

Os estudantes Arthur Adriano, Michael Meurer e Julia Zabot Pellerin acompanharam a rotina dos membros do coral para detectar as principais demandas dos integrantes. O primeiro protótipo da vestimenta foi elaborado em julho deste ano. Colaboraram na confecção das becas as empresas BENEX Beneficiamento Têxtil e Colisão Têxtil, ambas de Indaial/SC.

Além de pensar em marcações em braile nas mangas e na parte frontal, o que facilita a orientação na hora de vestir a peça, o design também valoriza a produção local. A estampa da estola que acompanha o traje faz menção à tela “Bailarinas” do artista plástico blumenauense Antonio da Silva. A tela, exposta em mostra promovida na ACEVALI, possui relevo tátil que permite “ver” a obra de arte com as mãos.

O público pode conhecer o modelo final do projeto em uma apresentação do coral, realizada no dia 16/9, no auditório da Sede Acadêmica da UFSC Blumenau. A atividade fez parte da programação do Setembro Branco da Inclusão.

(Fonte: Comunicação UFSC Blumenau)

Administração Central emite nova Nota Oficial sobre operação da Polícia Federal

15/09/2017 10:51

A Administração Central da UFSC por meio da presente manifestação, reitera a posição expressa em nota pública divulgada na manhã desta quinta feira, 14/09/17, quanto à operação da Polícia Federal que culminou com a prisão do Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo e de outros quatro docentes da Instituição. Esclarecemos ainda que:

1. O objeto principal do inquérito policial são denúncias de possíveis irregularidades na gestão de projeto de educação a distância vinculado ao Programa UAB (Universidade Aberta do Brasil) financiado pela CAPES e executado na UFSC desde 2006;

2. As informações de que a investigação apura eventual desvio de R$80 milhões são equivocadas. Segundo a própria decisão judicial, o valor sob suspeita de eventual irregularidade é de R$515.392,00 (quinhentos e quinze mil, trezentos e noventa e dois reais) relativos aos anos de 2011 e 2015, portanto anteriores à gestão do Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, iniciada em maio de 2016.

3. Do total de R$515.392,00, R$319.622,00 são referentes a pagamento de bolsas, objeto da investigação;

4. A própria CAPES, em sua página oficial, esclarece que a Polícia Federal investiga supostas irregularidades no programa Universidade Aberta do Brasil (UAB) junto à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que é executado desde 2006. A atual gestão tomou conhecimento pelo corregedor da UFSC das denúncias na referida instituição e maio de 2017. A CAPES solicitou acesso à apuração, mas não obteve resposta da corregedoria daquela universidade.

5. A Corregedoria Geral da UFSC, criada em abril de 2016, é órgão integrante da Reitoria, subordinando-se diretamente ao reitor em todas as matérias administrativas, na condição de secretaria especial. Todas as medidas adotadas pelo Reitor quanto a processos conduzidos no âmbito da Corregedoria limitaram-se às prerrogativas próprias da função de autoridade máxima da Instituição;

6. O Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo prestou à Polícia Federal todos os esclarecimentos requeridos em depoimento ao longo do dia, apresentando-se inteiramente à disposição das autoridades, bem como também foram realizadas todas as diligências necessárias nesta instituição, razão pela qual aguardamos o retorno do Reitor ao convívio acadêmico com a máxima brevidade;

7. Por fim, expressamos nosso respeito às instituições de estado, tenham elas status de apuração , investigação e correição, na defesa intransigente da autonomia universitária e da rigorosa apuração de irregularidades no estrito limite da observância dos princípios republicanos e democráticos.

Florianópolis, 14 de setembro de 2017

(Fonte: ufsc.br)

NUPE convida para segunda reunião aberta

14/09/2017 19:20

Prezada Comunidade Acadêmica,

É com satisfação que convidamos a todos para participarem da Segunda Reunião Aberta do NuPe no dia 25/09/2017,  às 14h, no auditório da Sede Acadêmica, com o debate sobre: Projeto Pedagógico dos Cursos de Graduação: O que temos a dizer?

Entendemos que é de fundamental importância a participação de toda a comunidade acadêmica para refletir, compreender e avaliar o PPC – documento norteador dos objetivos, princípios, pressupostos pedagógicos e políticos, bem como, as  metas a serem alcançadas. Com certeza a participação ampla contribuirá para levantar elementos que fortalecerão ainda mais o Projeto Pedagógico de cada curso.

Para aqueles que desejam receber o certificado é necessário fazer inscrição no link: https://goo.gl/forms/s70aHw7rM0sJSwiD2

Prazo para inscrições até o dia 24/09/17.

Contamos com sua presença!

Aberto edital de inscrições para o Mestrado Profissional em Ensino de Física

13/09/2017 17:37

Estão abertas, até 1º de outubro, as inscrições para o Programa Nacional de Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF). A pós-graduação tem caráter profissional e é voltada a professores de ensino médio e fundamental, com ênfase em aspectos de conteúdos na Área de Física. O curso é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Física (SBF) com o objetivo de coordenar diferentes capacidades apresentadas por diversas Instituições de Ensino Superior (IES) distribuídas em todas as regiões do País.

O candidato deverá se inscrever para o processo seletivo no formulário disponível on line no site da SBF (http://www.sbfisica.org.br/mnpef) e realizar o pagamento da taxa de inscrição correspondente. Para a UFSC Blumenau são destinadas 10 (dez) vagas e a seleção engloba duas etapas: a primeira consistirá de uma Prova Escrita Nacional elaborada pela Comissão de Seleção Nacional e corrigida pela Comissão de Seleção do Polo ou pela Comissão de Seleção Nacional. A segunda será uma Prova de Defesa de Memorial, realizada pela Comissão de Seleção do Polo.


Cronograma - Inscrições nacionais

11/09/2017 à 01/10/2017 : período de inscrição no processo seletivo (on line), no endereço eletrônico http://www.sbfisica.org.br/mnpef

02/10/2017: até o limite de horário estabelecido pela instituição bancária para processamento do pagamento nessa data: prazo final para pagamento da taxa de inscrição. O comprovante do pagamento da taxa de inscrição deverá ser apresentado no ato da realização da prova escrita.

03/10/2017 a 10/10/2017: período para emissão do comprovante de inscrição.

Até 11/10/2017 às 12h prazo máximo para reclamação referente a não emissão de comprovante de inscrição.

16/10/2017: Divulgação da listagem dos candidatos inscritos em cada Polo.