Palestra aborda importância da Tríplice Hélice para desenvolvimento do empreendedorismo

25/11/2019 14:56

No dia 28/11 (quinta-feira), o Programa de Pós-graduação em Engenharia Têxtil (PGETEX/UFSC), em parceria com o Sebrae/SC, promove a palestra A importância da Tríplice Hélice para desenvolvimento do empreendedorismo. O convidado é o professor Ricardo Mânica, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). O evento será realizado às 16h, na sala A305 (bloco A, 3º andar) da Sede Acadêmica.

O modelo de Tríplice Hélice,  desenvolvido por Henry Etzkovitz na década de 90, engloba os eixos Universidade - Governo - Indústria/Empresas de forma interativa e encontra-se no centro dos estudos da inovação. Ele propõe aliar crescimento econômico e o desenvolvimento social baseados no conhecimento.

São convidados todos os servidores e estudantes de graduação e pós-graduação do Campus. Para participar basta enviar um e-mail para ,  com seu nome completo e vínculo (servidor/estudante), até as 12h, do dia 28/11.

---

Sobre o convidado

Ricardo Mânica é Mestre em Engenharia de Produção pela UTFPR Ponta Grossa (2012), especialista em Administração Estratégica pelo CEDAEM/Camões (2006), especialista em Logística Empresarial CDE/FAE (2002), graduado em Administração de Empresas com habilitação em Produção pela Faculdade Católica de Administração e Economia - FAE (2000). Assessor de Projetos Cooperados pela PROREC/REITORIA da UTFPR Coordenador Geral do Programa de Empreendedorismo e Inovação da UTFPR Coordenador da Especialização em Gestão Estratégica da Produção - UTFPR/DAGEE (2013 - 2015) Coordenador da Especialização (MBA) em Lean Manufacturing - UTFPR/DAGEE (2013 - 2015) Professor Adjunto do DAGEE (Departamento Acadêmico de Gestão e Economia) da UTFPR - Câmpus Curitiba. Presidente da Rede Paranaense de Incubadoras e Aceleradoras de Empreendimentos Inovadores (RE-INOVA) gestão 2016 - 2018. (Fonte: lattes.cnpq.br)

 

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau, com informações PGETEX)

Tags: empreendedorismogovernoindústriainovaçãoTríplice HéliceufscUFSC Blumenauuniversidade

“Café com Ciência” traz ao debate relação da Matemática com a indústria

13/05/2019 18:41

O Núcleo Pedagógico (NuPe) do Campus Blumenau da UFSC convida para o  primeiro Café com Ciência, a ser realizado no dia 21/5 (terça-feira), às 18h30, no Auditório da Sede Acadêmica (bloco B - 1º andar).

O convidado especial será o Prof. Dr. José Alberto Cuminato (ICMC-USP), professor titular da Universidade de São Paulo (USP). Durante o evento serão abordadas questões relacionadas aos desafios das aplicações da matemática no ensino e na indústria.

O debate será mediado pelos professores Daniel Alejandro Ponce Saldías, do Departamento de Controle, Automação e Computação (CAC) e Felipe Delfini Caetano Fidalgo, do Departamento de Matemática (MAT).

O evento é gratuito e aberto à comunidade em geral e haverá certificação. Os interessados devem fazer inscrição pelo link https://forms.gle/tTtL1guiyhCEcRdz8

Dúvidas sobre o evento poderão ser encaminhadas ao e-mail 

Sobre o convidado

José Alberto Cuminato possui Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1977), mestrado em Matemática pela Universidade de São Paulo (1981), M Sc In Numerical Analysis - Oxford University Computing Laboratory (1983) e Ph D In Numerical Analysis - Oxford University Computing Laboratory (1987). Foi diretor do ICMC-USP no período 2006-2010, presidente da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional por dois mandatos, 2005-2007 e 2007-2009, é professor titular da Universidade de São Paulo desde o ano 2000, membro correspondente estrangeiro da Royal Society Edinburgh (2012) e membro da Academia Brasileira de Ciências (2014). Área de trabalho em Matemática, com ênfase em Análise Numérica, atuando principalmente nos seguintes temas: Simulação de escoamentos incompressíveis e escoamentos com superfícies livres, métodos de diferenças finitas, métodos numéricos para equações diferencias ordinárias e parciais e equações integrais de Fredholm e de Cauchy (Fonte: lattes.cnpq.br).

Tags: cienciaindústriamatematica

Estudante da UFSC Blumenau premiada no Santa Catarina Moda e Cultura

28/11/2017 16:13

“Desde a abertura, com a palestra do Ferreirinha, o SCMC como um todo me tocou muito e eu soube que tinha muito o que aprender. O evento é um lugar de aprendizado de vida, não só acadêmico. De conhecer coisas novas, aprender com elas e principalmente ter contato com empresas tão importantes do ramo têxtil. O Inova Lab é a cereja do bolo da vivência ao termos a oportunidade de saber como é o dia-a-dia das empresas e poder estar com os seus representantes para entender melhor o que é esperado dos estudantes como futuros profissionais” (Keyla Cristina Bicalho)

A equipe Laranja integrada pela estudante Keyla Cristina Bicalho, do curso de Engenharia Têxtil da UFSC, foi a vencedora do projeto final do INOVA LAB do Santa Catarina Moda e Cultura 2017 (SCMC). Além de Keyla, participaram do projeto os acadêmicos Arthur Adriano (equipe Verde) e Gabriela Maestri (equipe Lilás). Gabriela entrou pelo processo de repescagem pelo seu desempenho e dedicação ao longo dos desafios (ver fotos).

A final da competição, realizada no dia 25/11, no Espaço Maker do SESI Blumenau, contou com trinta alunos de diferentes instituições de ensino de Santa Catarina. Ao todo foram cinco dias de imersão, em que os participantes foram divididos em equipes, identificadas por cores, para resolver problemas reais de empresas associadas da região. A equipe Laranja recebeu desafios das marcas Loa Underwear, Círculo S/A e Coratex Brasil. A banca julgadora, composta por professores e profissionais das empresas participantes, considerou que a equipe foi a que melhor compreendeu as propostas e apresentou as melhores ideias. A pontuação foi acirrada com diferença mínima entre os finalistas.

Gabriela Maestri (equipe Lilás)

Arthur Adriano (equipe verde)

Para Keyla o SCMC foi de grande importância para somar conhecimentos e habilidades à teoria. "Poder aprender com todas as palestras ao longo das eliminatórias, no Inova Lab e, principalmente, ter acesso a empresas que normalmente não teríamos foi incrível. O contato e a oportunidade de trazer novas soluções ao setor foi fundamental para nos inserirmos e entendermos melhor a indústria", avaliou. A estudante também acredita que muitos outros alunos vão querer participar do evento no próximo ano - inclusive ela, que pretende repetir a experiência.

Como premiação os estudantes ganharam uma viagem para Minas Gerais para conhecer marcas têxteis e de moda da região, como o Grande Hotel Ronaldo Fraga, em Belo Horizonte. Eles também irão visitar o maior Museu a Céu Aberto da América Latina, em Inhotim. Algumas empresas do Vale do Itajaí, como a Círculo e a Meias Loa, ofereceram aos ganhadores dois dias de visita às empresas para conhecer melhor seus setores, produção e produtos.

Os docentes da UFSC Blumenau Grazyella Cristina Oliveira de Aguiar, Francisco Claudivan da Silva, Fernando Ribeiro Oliveira e Catia Rosana Lange de Aguiar participaram da orientação de projetos na competição.

Fotos

(Comunicação UFSC Blumenau, com informações Grazyella Aguiar)

Tags: culturaempreendedorismoengenhariaindústriainovaçãomodaprêmioprodutostextil