Projeto oferece treinamentos para Olimpíada Brasileira de Matemática Universitária

23/05/2017 08:24

Para os alunos que buscam uma força extra na preparação para a 39ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM 2017) um projeto coordenado pelo Prof. Felipe Vieira, com a participação de outros seis docentes de Matemática da UFSC Blumenau, oferecerá treinamentos para o nível universitário da OBM. A iniciativa segue os moldes internacionais com base em projetos semelhantes, nos quais os professores resolvem questões de provas anteriores com os estudantes participantes.

As aulas serão realizadas nos dias 24 de maio e 14 de junho (quartas-feiras), das 13h30 às 15h10, na sala A302 da sede acadêmica. Haverá ainda mais um treinamento a ser agendado no mês de agosto. Para participar, basta enviar um e-mail para olimpiadas.bnu@contato.ufsc.br confirmando presença. A lista de treinamento já está disponível no site do projeto, assim como demais informações.

A primeira prova da OBM 2017 (nível universitário) será aplicada no dia 1° de setembro. A segunda etapa acontece em dois dias, 21 e 22 de outubro. Para saber mais sobre a Olimpíada, clique no link abaixo.

* Site oficial da OBM 2017 | * Site projeto treinamentos

17 de maio – Dia Internacional contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia

17/05/2017 15:36

A cada 25 horas, uma pessoa LGBT é assassinada no Brasil. A informação é dos grupos brasileiros Rede Trans Brasil e GGB (Grupo Gay da Bahia) e demonstra que a violência contra essa população aumentou cerca de 18% em relação ao ano anterior. O Brasil ocupa ainda uma liderança sangrenta nas Américas: segundo a Associação Internacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais (ILGA) o país ocupa a 1ª posição em homicídios por motivação homofóbica.

Como forma de dar visibilidade, ampliar os debates nas questões relacionadas as diversidades sexuais e gênero e promover espaços de diálogo e respeito na universidade, a UFSC, através da Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD), realiza nesse 17 de maio, Dia Internacional Contra a Homofobia, Lesbofobia e Transfobia, uma mesa de debates com o tema  “Cura ou não cura? Debates sobre a patologização da homossexualidade e das identidades trans”, às 19h, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), em Florianópolis. O evento contará com a presença de reconhecidas militantes do movimento LGBT, professores e membros do Conselho Regional de Psicologia.

Em Blumenau, uma ação simbólica acontece no hall do bloco A da sede acadêmica, com a distribuição de panfletos e broches, além de materiais noticiosos que expõem a importância de discutir o tema. Também foram afixados cartazes em ambos os prédios da sede.

----

Por que 17 de maio?

A data foi escolhida lembrando a exclusão da homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 17 de maio de 1990, oficialmente declarada em 1992.

Entre 1948 e 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a homossexualidade como um transtorno mental. Em 17 de maio de 1990, a assembleia geral da OMS aprovou a retirada do código 302.0 (Homossexualidade) da Classificação Internacional de Doenças, declarando que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”. A nova classificação entrou em vigor nos países-membros das Nações Unidas em 1993. Com isso, marcou-se o fim de um ciclo de 2000 anos em que a homossexualidade era vista primeiro como pecado, depois como crime e, por último, como doença.

(Comunicação UFSC Blumenau/Com informações ILGA, EBC e ONU)

Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação aceita trabalhos até 4 de junho

15/05/2017 13:04

O Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki 2017 aceita a submissão de trabalhos, até o dia 4 de junho, nas modalidades artigo completo, artigo curto e relatório técnico. O artigo poderá ser apresentado em espanhol, português ou inglês e cada autor poderá submeter até dez trabalhos, dos quais serão aceitos, no máximo, quatro artigos completos, quatro artigos curtos e dois relatos técnicos.

Com o tema “Conhecimento e inovação: energia para o desenvolvimento”, o evento será realizado nos dias 11 e 12 de setembro de 2017, em Foz do Iguaçu - PR. O Programa d​e Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC (EGC) é responsável pela coordenação acadêmica do congresso. Entre os conferencistas confirmados até o momento estão Sandro Battisti (Itália), Eduardo Giugliani (Brasil) e Paulo Selig (Brasil) – clique aqui para ver o currículo dos convidados.

O congresso tem entre seus objetivos o desenvolvimento conceitual, metodológico e a prática de Gestão do Conhecimento, Capital Intelectual e Gestão da Inovação. O Ciki tem se consolidado como um espaço para a troca de ideias, experiências e tendências relevantes para as gestões do conhecimento e da inovação, tanto no setor público quanto no setor privado e acadêmico.

O tema escolhido para esta edição está estreitamente ligado ao território ocupado pelo Parque Tecnológico Itaipu: o espaço geográfico da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior geradora de energia elétrica do mundo. O PTI tem como missão promover o desenvolvimento territorial sustentável. Para isso mantém diversos projetos em pesquisa, desenvolvimento e inovação, estimulando a geração de conhecimentos e competências.


(Comunicação UFSC Blumenau, com informações Ciki 2017)

  • Página 1 de 4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4