Estudantes do campus organizam evento cultural para debater diversidade e gênero

10/11/2017 11:17

Peça traz ao debate temática da violência de gênero (Foto: Grupo Teatro de Quinta)

As políticas públicas brasileiras na esfera dos direitos humanos apresentaram grandes avanços, sobretudo, a partir da década de 1990, no campo da educação e das relações de gênero. Nesse período, foram sancionadas novas leis e diretrizes que abarcaram a temática com o intuito de colaborar com a problematização em torno das desigualdades de gênero e da construção de um mundo mais justo e igualitário.

Entre esses documentos, encontra-se a Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), de 1996 e o Plano Nacional de Educação 2011/2020, que apresentam princípios como liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; respeito à liberdade e apreço à tolerância; valorização do profissional da educação escolar - em especial, destacamos aqui a liberdade intelectual docente.

Após os debates e aprovação dessas diretrizes, emergiram discursos marcados pelo conservadorismo e intolerância referentes à abordagem das relações de gênero e diversidade sexual nos estabelecimentos de ensino. Tais discursos chamam a atenção pela simplificação, descontextualização e depreciação dos estudos de gênero, tornando educadores comprometidos com a garantia do direito humano ao acesso à educação sexual alvos de acusações de "doutrinação ideológica” dos alunos.

Shantays Grupo de Dança

Diante desse cenário preocupante, estudantes de licenciatura e engenharia matriculados nos componentes curriculares Educação, Direitos Humanos e Diversidade Sociocultural e Psicologia Educacional: Desenvolvimento e Aprendizagem, sob orientação da Profa. Dra. Renata Orlandi, organizaram um evento que ocorrerá nesta sexta-feira (10/11), às 20h, no auditório da Sede Acadêmica.

Tal atividade artística-cultural tem o objetivo de debater as (des)igualdades de gênero, os direitos sexuais e reprodutivos, a diversidade sexual e a dimensão ética do fazer docente no campo da sexualidade. Haverá a apresentação da peça teatral “João, o Louco”, da companhia blumenauense Teatro de Quinta. Também integram a programação da noite apresentações de dança com o grupo Shantays, exibição de curtas-metragens e a exposição de obras do artista plástico e estudante da Especialização em Educação Escolar Contemporânea, Charles Immianovsky.

A entrada é gratuita e o evento é aberto ao público (classificação: 16 anos).

(Texto: Fabiana Asano, sob orientação de Renata Orlandi)

______________________________________

Atividade cultural e debate - Educação, Direitos Humanos e Diversidade Sociocultural e Psicologia Educacional: Desenvolvimento e Aprendizagem

Data: 10 novembro (sexta-feira)

Horário: 20h

Local: Auditório UFSC – Sede acadêmica

 

Peça teatral “João, o Louco”

Classificação: +16

Grupo: Teatro de Quinta

Sinopse: João vive solitário, assombrado pelas lembranças de uma existência marcada por violência e crueldade. Ele conta apenas com a companhia da sua coleção de troféus macabros.

 

Ficha técnica

Dramaturgia: Nassau de Souza

Direção: Diones Rafael Silva

Produção: Teatro de Quinta

Cenário: Teatro de Quinta

Figurino: Teatro de Quinta

Iluminação: Teatro de Quinta

Operação de luz e sonoplastia: Diones Rafael Silva

Foto de divulgação: Eslley Scatena

Elenco: Gabriel Mantoanelli, Vanessa Martins, João Vitor Martins, Andressa Costa, Artur Gewehr, Tamara West, Alison Marcondes e William Tribess

Duração: 30 minutos

Classificação indicativa: +16

-----

Bibliografia

Ação Educativa. A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso / Ação Educativa Assessoria, Pesquisa e Informação (Org.). São Paulo: Ação Educativa, 2016.

Relações de gênero na escola. Cristiane de Castro Ramos Abud. (Organizadora) – Rio de Janeiro: Dictio Brasil, 2017.

SOUSA, L. A. B., GRAUPE, M. E. Gênero e políticas públicas de educação. Anais do III Simpósio Gênero e Políticas Públicas. Londrina, 27 a 29 maio 2014.

 

Tags: artesdançadebatedireitoeducaçãogenerohumanomulherobrareproduçãoteatroviolência

EDITAL Nº 76/DDP/PRODEGESP/2017 – Processo Seletivo Educação/Educação Matemática – Resultado

27/10/2017 10:00

Departamento de Ciências Exatas e Educação - CEE

Área/Subárea de conhecimento: Educação/ Educação Matemática

Período de Inscrição: 16/10/2017 a 20/10/2017 – das 08:30 às 11:30 e das 14:30 às 17:30.

Processo: 23080.064502/2017-78
Nº de vagas: 01 (uma)
Regime de Trabalho: 20 (vinte) horas semanais
Requisitos: Licenciatura em Matemática e Especialização ou Mestrado ou Doutorado em Educação ou Educação Matemática ou Ensino de Ciências ou Educação Científica e Tecnológica.

Local: Campus Blumenau – BNU: Departamento de Ciências Exatas e Educação - CEE: cee@contato.ufsc.br, fone (47) 3232-5147 e (48) 3721-3347 (Campus Blumenau. Sede Administrativa: Rua Pomerode, 710. Bairro: Salto do Norte – Blumenau/SC).

Clique para acessar o edital completo

+ Formulário de inscrição

+ Cronograma (atualizado)

+ Portaria de homologação das inscrições

+ Banca Examinadora

+ Resultado Final (NOVO!)

Tags: concursoeducaçãolicenciaturamatematicaprocessoprofessorseleção

UFSC Blumenau e SEMED incentivam o aperfeiçoamento de docentes da rede básica

18/08/2017 16:31

Os professores da rede municipal de ensino de Blumenau iniciaram, nesta quarta-feira (16/8), uma formação promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). O foco é aperfeiçoar a atuação de cerca de 1.300 profissionais que atuam no Ensino Fundamental.

Para isso, foram constituídos grupos de trabalho, um dos quais sob condução do professor do curso de Licenciatura em Matemática da UFSC Blumenau, Jorge Cássio Costa Nóbriga, com o tema “Tecnologias a favor da matemática nos anos finais: geogebra e suas implicações”. Foram 40 participantes no primeiro encontro e os conteúdos terão seguimento no próximo dia 20 de setembro, na Uniasselvi polo Blumenau.

Jorge Cássio apresentou aos professores a utilização e as ferramentas disponibilizadas pelos Geogebra Books para o ensino de matemática. Os materiais usados na exposição fazem parte de um projeto do docente, que está desenvolvendo livros digitais e dinâmicos, gratuitos e abertos aos professores de matemática que quiserem adaptar os conteúdos às necessidades de suas aulas.

(Fonte: Comunicação UFSC Blumenau/Fotos: João Victor Pereira/UFSC Blumenau)

Tags: aperfeiçoamentoaprendizagemcursodidáticaeducaçãogeogebramatematicamaterialPesquisatecnologias

Escola e currículo são tema de aula inaugural da especialização em Educação Escolar Contemporânea

17/08/2017 11:57

A especialização em Educação Escolar Contemporânea convida os pós-graduandos, estudantes das licenciaturas em Matemática e Química e docentes do campus Blumenau para sua aula inaugural com o Professor Newton Duarte (UNESP/Araraquara), no dia 18/8, às 18h30min, no auditório da Sede Acadêmica. O tema escolhido para abrir as atividades letivas foi “Escola, currículo e concepção de mundo”. As inscrições estão disponíveis no link http://l.ufsc.br/aulanewton.

Pedagogo formado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Doutor em Educação Escolar pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara – FCL/CAr – UNESP, Newton é uma das maiores autoridades no campo da Educação no país. Suas principais obras incluem os livros Os conteúdos escolares e a ressurreição dos mortos (2016); A Individualidade Para Si (2013), Vigotski e o Aprender a Aprender: crítica às apropriações neoliberais e pós-modernas da teoria vigotskiana (2000); Sociedade do Conhecimento ou Sociedade das Ilusões?(2003); Crítica ao Fetichismo da Individualidade (2004);Critical Perspectives on Activity: Explorations across Education, Work and Everyday Life (2006) co-editada com Peter Sawchuk e Mohamed Elhammoumi; Arte, Conhecimento e Paixão na Formação Humana: Sete Ensaios de Pedagogia Histórico-Crítica (2010) em coautoria com Sandra Della Fonte; e A Pedagogia Histórico-Crítica e a Luta de Classes na Educação Escolar(2012) em coautoria com Dermeval Saviani.

————-

Aula inaugural com Newton Duarte (UNESP/Araraquara)

Data: 18 de agosto de 2017 (sexta-feira)

Horário: 18h30min

Local: Auditório – Sede Acadêmica

Apoio: Núcleo Pedagógico (NuPe)

Tags: currículoeducaçãoensinoescolaespecializaçãopós-graduação