Vestibular 2019.2: confira locais de prova e relação candidato/vaga

19/06/2019 12:18

O curso de Medicina do Campus Araranguá foi o mais procurado no Vestibular 2019.2 da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com 5.151 inscritos para 60 vagas, totalizando uma concorrência de 85,85 candidatos por vaga. Apesar de ser o mais procurado, o curso não é o mais concorrido deste concurso, que terá 110 candidatos disputando uma única vaga para o curso de Licenciatura em Química, no Campus UFSC Florianópolis.

Os dados são da relação candidatos/vaga na classificação geral, divulgados nesta terça-feira, 18 de junho, pela Comissão Permanente do Vestibular (Coperve). A Coperve divulgou também a confirmação definitiva de inscrições e locais de prova, além da relação candidato/vaga para os optantes de ações afirmativas.

Confira os 10 cursos mais procurados no Vestibular 2019.2:

Ranking Curso Vagas Inscritos C/V
1 MEDICINA – ARARANGUÁ 60 5151 85,85
2 GEOGRAFIA – BEL/LIC – NOTURNO – FLORIANÓPOLIS 5 204 40,80
3 ENGENHARIA DE AQUICULTURA – DIURNO – FLORIANÓPOLIS 15 159 10,60
4 ENGENHARIA CIVIL DE INFRAESTRUTURA – JOINVILLE 15 145 9,67
5 SECRETARIADO EXECUTIVO – NOTURNO – FLORIANÓPOLIS 4 134 33,50
6 MATEMÁTICA – LIC – DIURNO – FLORIANÓPOLIS 62 131 2,11
7 BIBLIOTECONOMIA – NOTURNO – FLORIANÓPOLIS 16 114 7,13
8 ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO -DIURNO/NOTURNO – ARARANGUÁ 14 110 7,86
9 QUÍMICA – LIC – DIURNO – FLORIANÓPOLIS 1 110 110,00
10 AGRONOMIA – DIURNO – CURITIBANOS 39 107 2,74

Relação candidato / vaga na classificação geral e ações afirmativas:

Total de Candidatos / Total de Vagas

Classificação Geral (Somente Não Optantes PAA) / Total de Vagas Classificação Geral (Somente Não Optantes PAA)

Classificação Geral

PAA – Escola Pública – Renda até 1,5 Sal. Mínimos – PPI (Pretos, Pardos e Indígenas) – DEFICIENTES

PAA – Escola Pública – Renda até 1,5 Sal. Mínimos – PPI (Pretos, Pardos e Indígenas)

PAA – Escola Pública – Renda até 1,5 Sal. Mínimos – Outros – DEFICIENTES

PAA – Escola Pública – Renda até 1,5 Sal. Mínimos – Outros

PAA – Escola Pública – Renda acima de 1,5 Sal. Mínimos – PPI (Pretos, Pardos e Indígenas) – DEFICIENTES

PAA – Escola Pública – Renda acima de 1,5 Sal. Mínimos – PPI (Pretos, Pardos e Indígenas)

PAA – Escola Pública – Renda acima de 1,5 Sal. Mínimos – Outros – DEFICIENTES

PAA – Escola Pública – Renda acima de 1,5 Sal. Mínimos – Outros

 

Mais informações: vestibular2019.2.ufsc.br

Coperve: (48) 3721-9200

(Fonte: Notícias UFSC)

Tags: concursoufscVestibular

Conselho de Unidade homologa resultado de pesquisa sobre o novo nome do Centro de Blumenau

12/06/2019 13:29

O Conselho de Unidade do Centro de Blumenau apreciou, em reunião realizada no dia 06 de junho, o resultado da pesquisa realizada durante o mês de maio para escolha do novo nome do Centro. Realizada em dois turnos, a votação apontou como nome vencedor Centro Tecnológico, de Ciências Exatas e Educação (CTE). Ao todo, foram 217 participantes.

O Centro de Blumenau é o único criado fora de sede que ainda mantém como denominação o nome do município no qual se localiza. Os Centros situados nos campi de Araranguá, Curitibanos e Joinville já possuem designação diversa. O objetivo da alteração é facilitar o reconhecimento das estruturas institucionais e fortalecer uma identidade própria, alinhada às atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas.

Após a homologação pelo Conselho de Unidade, a proposta agora segue para apreciação do Conselho Universitário (CUn).

---

Resultado:

1. Centro Tecnológico, de Ciências Exatas e Educação (CTE) 97 - 44,70%
2. Centro de Ciências e Tecnologias (CCT) 45 - 20,74%
3. Centro Tecnológico de Blumenau (CTB) 75 - 34,56%

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau)

Proex lança edital de seleção de alunos para realização do Seminário de Extensão Universitária da Região Sul

07/06/2019 11:33

A Pró-reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lançou, na última quinta-feira, dia 6 de junho, um edital para a seleção de alunos de graduação e pós-graduação, regularmente matriculados, para atuarem como auxiliares na realização do 37º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (SEURS). Promovido pela Proex, o evento receberá mais de 800 participantes de 24 instituições de ensino superior da Região Sul e está agendado para os dias 3 e 4 de julho, das 8h às 19h, no Centro de Cultura e Eventos e no Centro Socioecônomico da UFSC, campus Florianópolis.

No total, são oferecidas 40 vagas: 15 para atuação nos dias 3 de julho, das 7h30min às 13h30min, e 4 de julho, das 8h30min às 13h30min; e outras 25 vagas para 3 e 4 de julho, das 13h30min às 19h. Todos deverão comparecer à reunião pré-evento no dia 2 de julho, das 8h às 12h. Os estudantes selecionados receberão um auxílio no valor de R$ 210 e desempenharão funções relacionadas à recepção dos participantes do evento, credenciamento e informações, acompanhamento das apresentações orais e oficinas, organização do espaço físico, entre outras.

Os alunos interessados não podem estar inscritos como apresentadores de trabalho no seminário e devem apresentar índice de aproveitamento acumulado (IAA) igual ou superior a 6, possuir disponibilidade para atuar nos horários do SEURS e na reunião de organização, além de ter ótima comunicação, proatividade, facilidade em trabalhar em equipe e pontualidade.

As inscrições ocorrerão até a próxima sexta-feira, dia 14 de junho (podendo ser prorrogado, em caso de necessidade, conforme o número de inscrições). Para participar do processo seletivo é necessário o envio de foto tipo retrato, ficha de cadastro preenchida e assinada, atestado de matrícula e histórico acadêmico atualizado para o e-mail , com o assunto “Inscrição – Seleção de alunos auxiliares 37º SEURS”.

Mais informações no site da Proex.

(Maykon Oliveira/Agecom/UFSC)

Tags: bolsaExtensãoseminario

Estudante de Engenheira Têxtil da UFSC vence prêmio na área e participará de estágio em universidade espanhola

03/06/2019 15:28

Jéssica Jenifer Sornas

Jéssica Jenifer Sornas, 25 anos, formanda 2019/1 pela Universidade Federal de Santa Catarina - Campus Blumenau é a vencedora do Prêmio Sinditêxtil-SP Profissional do Futuro. O concurso irá levar a engenheira têxtil para um estágio na conceituada Universidade Politécnica de Catalunya (UPC), na Espanha e promover uma visita guiada na maior feira de máquinas têxteis do mundo, a ITMA.

O Prêmio é uma iniciativa para fortalecer a imagem do setor têxtil como portador de futuro, incentivar e atrair estudantes para a área, além de apoiar e reconhecer talentos genuínos. Nesta primeira edição do Prêmio, os professores selecionaram de um a dois recém-formados ou do último ano, em seis faculdades de engenharia têxtil ou similar, de quatro estados brasileiros.

O setor têxtil, especialmente o desenvolvimento e produção de insumos (fios, fibras, tecidos) é altamente tecnológico. Tecidos inteligentes, tecidos técnicos, beneficiamentos que agregam tratamentos, além de wearables, necessitam de profissionais muito qualificados” declara Luiz Arthur Pacheco, presidente do Sinditêxtil.

A ganhadora passará por estágio de um mês na UPC, campus de Terrassa, onde terá a oportunidade de conhecer as mais avançadas tecnologias para soluções de processos e desenvolvimento de produtos, com enfoque em sustentabilidade e tratamento de resíduos. “Desde os nove anos de idade sempre quis ser engenheira, não especificamente têxtil, mas quando comecei a conhecer a grandeza desse mundo, me apaixonei. Estou muito feliz e orgulhosa. Esse resultado demonstra a qualidade do curso de Engenharia Têxtil da UFSC”, afirma Jéssica.

Prêmio Profissional do Futuro conta com o apoio de várias empresas que entendem nesta ação um incentivo do setor têxtil para que jovens continuem a buscar conhecimento e formação na área, que é muito promissora. As patrocinadoras do Prêmio Sinditêxtil-SP são: AdatexAssociação Brasileira dos Técnicos Têxteis (ABTT), Castanhal, Fios Têxteis H Marin, Golden TechnologyParamount TêxteisPerfeito Acessórios de ModaSantista Workwear.

  • Saiba mais sobre o Prêmio Sinditêxtil-SP Profissional do Futuro no site da iniciativa.

Sobre o Sinditêxtil-SP

Fundado na década de 30, o Sinditêxtil-SP tem como principal missão coordenar, fortalecer e representar legalmente a Cadeia Produtiva Têxtil; do cultivo do algodão, matérias-primas sintéticas, fibras têxteis, fiações, até tecelagens, tinturarias e estamparias, no Estado de São Paulo.

Sobre a Universidade Politécnica de Catalunya

Fundada em 1971, a Universidade Politécnica de Catalunya tem como especialidade cursos em engenharia e busca excelência em seus estudos, para isso conta com convênios com instituições educações e Entidades de vários países.  A UPC possui uma estrutura com mais de 30 mil alunos, 20 centros docentes, 52 patentes registradas por ano e 234 programas de formação permanente.

(Fonte: Assessoria do Sinditêxtil-SP/Ligia Santos)

Tags: engenhariaprêmiotextil
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2