UFSC Blumenau participa da Semana Fashion Revolution Brasil

22/04/2019 18:07

(Atualizado em 23/04/2019, às 10h01min)

De 22 a 28 de abril diversas cidades do Brasil estarão engajadas na Semana Fashion Revolution Brasil, movimento que há 5 anos promove - por meio de eventos,  ações, rodas de conversa, exibições de filmes e workshops - a mudança de mentalidade e comportamento em consumidores, empresas e profissionais da moda. O movimento foi criado após um conselho global de profissionais da moda se sensibilizar com o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, que causou a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2.500 feridos. A tragédia aconteceu no dia 24 de abril de 2013, e as vítimas trabalhavam para marcas globais, em condições análogas à escravidão.

A campanha #QuemFezMinhasRoupas surgiu para aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto no mundo, em todas as fases do processo de produção e consumo. Realizado inicialmente no dia 24 de abril, o Fashion Revolution Day ganhou força e hoje tornou-se a Fashion Revolution Week, que conta com atividades promovidas por núcleos voluntários, em mais de 100 países.

Em Blumenau e região, importante polo de produção têxtil, a Universidade Federal de Santa Catarina, a Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb), o Instituto Federal de Santa Catarina  - Campus Gaspar (IFSC), Uniasselvi e o Senai/Blumenau concentram as ações, que incluem uma instalação da artista plástica Maria Carmen Von Linsingen elaborada a partir de resíduos têxteis, cinedebate com documentários que abordam a temática do trabalho escravo no setor, talks sobre sustentabilidade, acessibilidade  e gênero na moda, oficinas e exposições.

Ainda na proposta do Fashion Revolution está sendo realizada uma arrecadação para um brechó beneficente em parceria com a Associação de Cegos do Vale do Itajaí (ACEVALI). As caixas de coleta estão posicionadas na entrada do hall do bloco A da sede Acadêmica. Para doar, basta que a peça esteja limpa e em bom estado de conservação.

---

Veja a programação da Semana Fashion Revolution

Programação UFSC Blumenau

Exposição "Noscasulos" fica aberta ao público até 10 de maio

22.04 (segunda-feira)

18h - Instalação Artística Noscasulos, com Maria Carmen Von Linsingen - Auditório UFSC Blumenau. Até 10 de maio de 2019.

Minicurrículo: Maria Carme Von Linsingen nasceu em Florianópolis-SC e formou-se em Educação Artística pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em 1976. Iniciou suas atividades profissionais em tecelagem em 1990 e atualmente vive e trabalha em Blumenau, local onde desenvolve o trabalho de pesquisa com resíduos têxteis da região.

--

23.04 (terça-feira)

08h - Instalação que reflete sobre os temas igualdade de gênero, trabalho justo e proteção ambiental. Instalação criada por alunos do curso de Engenharia Têxtil em parceria com alunos do curso de Engenharia de Controle e Automação.

--

25.04 (quinta-feira)

18h - Cine Debate, documentário The True Cost, com Marilise Sayão, Francisco Claudivan, Renata Orlandi, Rosenei Zanchett e Leandro de Oliveira - Auditório da UFSC Campus Blumenau.

Inscrição

Participantes da mesa

Francisco Claudivan Silva: Engenheiro Têxtil formado em 2005 pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, mestre e doutor em Engenharia Mecânica pela UFRN. Professor adjunto do curso de Engenharia Têxtil da Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC, campus Blumenau. Tem experiência na área gestão da produção fabril e comercial têxtil, gestão de qualidade com a utilização das ferramentas da qualidade para melhorias de processos, probabilidade e estatística com ênfase em Controle Estatístico de Processo (CEP) produtivo.

Marilise Luiza Martins dos Reis Sayão: Graduação em Ciências Sociais. Mestrado e Doutorado em Sociologia Política. Professora adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC, campus Blumenau. Atualmente coordena o Laboratório de Ciência, Tecnologia e Inovação - LabCTI - UFSC/Blumenau. Tem experiência nas áreas de Sociologia, Antropologia e Ciência Política, com ênfase em Sociologia Política e Movimentos Sociais e em Estudos Sociais em Ciência e Tecnologia.

Renata Orlandi: Possui graduação, mestrado e doutorado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pós-doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Carina e pós-doutorado em Psicologia pela Universidade Autônoma de Barcelona. Professora adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina, campus Blumenau. Tem experiência na área de Psicologia, em ênfase em Psicologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação sexual e direitos humanos.

Rosenei Terezinha Zanchett: Mestra em Design Profissional pela Univille- SC. Consultora em Design Estratégico pela Politecnico di Milano – Itália (IT). Atua há mais de 15 anos como professora, pesquisadora, consultora e palestrante em Desenvolvimento de Produtos, Processo Criativo, Design Estratégico, Comportamento de Consumo e Pesquisa em Tendência de Moda.Atende empresas na área de Moda como: Parigi Confecções, C&A, , Riachuelo, Pernambucanas, Marisa, Extra, Zinzane, Hering, Petrobras, Rovitex, Dmenor Jean, Mensageiro dos Sonhos, Boutique dos Jalecos e Contramão Calçados.

Leandro Luiz Costa de Oliveira: Auditor Fiscal do Trabalho desde 2007. Bacharel em Direito - Universidade Mackenzie. Engenharia Produção - Poli-USP. Atualmente trabalha com Saúde e Segurança do Trabalhador - GRT/Blumenau.

--

Arrecadação para o Brechó da ACEVALI

Até 26 de abril, no hall de entrada no bloco A, sede Acadêmica - UFSC Blumenau.


Programação Senai, Fundação Hering e visitações

22.04 (segunda-feira)

18h - Abertura da Exposição Tingimento Natural e Ecoprint de Marion Rupp e Flavio Hach - Fashion LAB1 Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

19h - Bate Papo: Figurino x Moda _ Ressignificando com Vanessa Neuber - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

--

24.04 (quarta-feira)

18h45 - Talk: O que pode ser considerado um trabalho justo e decente? - Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

--

25.04 (quinta-feira)

18h30 - Visita a Fábrica da Círculo e Bate Papo: Fashion Handmade com Junior Oliveira, Rodrigo Zen e Marcelo Detzel - Círculo S/A (Dr. Nereu Ramos, 360 - Coloninha, Gaspar - SC)

19h - Talk: Cadeia da Moda, com Pedro Schmitt - Fundação Hering (R. Hermann Hering, 1740 - Bom Retiro, Blumenau - SC)

20h - Talk: Empreendedorismo Consciente, com Tiago G. C. Dos Santos - Fundação Hering (R. Hermann Hering, 1740 - Bom Retiro, Blumenau - SC)

19h - Oficina de Transformação Criativa de Roupas, com Catia Regina e Karine Fonseca Buzzi - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

--

27.04 (sábado)

10h - Troca-Troca Afetivo - Fundação Hering (R. Hermann Hering, 1740 - Bom Retiro, Blumenau - SC)

--

28.04 (domingo)

9h - Oficina de Papel Artesanal Artístico, com Nelson Julio - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

9h - Oficina de Biotintas (para crianças), com Bruna Neves - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

14h - Abertura com coletivo Fashion Revolution Blumenau - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

14h30 - Talk: Exposições Tingimento Natural e Ecoprint, com Marion Rupp e Flavio Hach - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

15h30 - Talk: Diversidade e Gênero na Moda - O Corpo Político, com Nina Florsz Alice Alves Lucas Buss Lua Geiss - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

16h30 - Talk: Moda como Transformação Social, com Greice Simas Gabriela Lenzi Augusto De Paula Simone Passarin - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)

17h30 - Talk: Moda Inclusiva, Tecnologias Vestíveis e Tecnologias Assistidas, com Grazyella Aguiar Fabieli Breier e Christian Mailer - Fashion LAB Senai Blumenau (R. São Paulo, 1.147 - Victor Konder, Blumenau - SC)


Programação IFSC Gaspar

23.04 (terça-feira)

18h30 - Abertura da exposição Moda Sustentabilidade e Arte, com Ricardo dos Santos - IFSC Gaspar (R. Adriano Korman, 510 - Bela Vista, Gaspar - SC)

19h - Talk: Desafios das sobras na Indústria Têxtil, com Ana Siebert da Fundação Hering - IFSC Gaspar (R. Adriano Korman, 510 - Bela Vista, Gaspar - SC)

19h - Cine The True Cost - IFSC Gaspar (R. Adriano Korman, 510 - Bela Vista, Gaspar - SC)

25.04 (quinta-feira)

18h30 - Oficina Bordado Manual, com Maria Luiza Fonseca - IFSC Gaspar (R. Adriano Korman, 510 - Bela Vista, Gaspar - SC) - Inscrição

18h30 - Oficina de Macramê, com Ediane Zanetti - IFSC Gaspar (R. Adriano Korman, 510 - Bela Vista, Gaspar - SC) - Inscrição

 

(Fonte: Fashion Revolution Brasil, com informações Grazyella de Aguiar)

Tags: engenhariamodaresponsabilidade socialsustentabilidadetextil

“Quem fez minhas roupas?” Campanha arrecada doações para brechó da ACEVALI

11/04/2019 14:28

Sabe aquela roupa, em bom estado, que você não usa mais e gostaria de doar, mas não sabe como? Aquela peça que está fora de moda, ou encostada, ocupando espaço no seu guarda-roupas? Então, essa única peça ou várias outras podem ser doadas!

A turma da disciplina Introdução ao Design e Moda (PIDRIS), do curso de Engenharia Têxtil da UFSC, está desenvolvendo um projeto em parceria com o brechó da Associação dos Cegos do Vale do Itajaí (Acevali). As peças arrecadadas mediante doação serão customizadas e vendidas no brechó, com o objetivo de arrecadar fundos para a instituição.

Vamos fazer a diferença e participar desta campanha! Para doar é muito simples:

  1. Separe as peças, em bom estado de conservação, que você não usa mais;
  2. Lave as peças;
  3. Deixe essas peças no posto de coleta – caixa de papelão sinalizada no hall de entrada do bloco A, sede acadêmica, até o dia 26 de abril.

Esse ano a turma está unindo forças com os integrantes do movimento Fashion Revolution do Brasil para bater a meta de arrecadação dos anos anteriores. O movimento Fashion Revolution tem como objetivo conscientizar sobre os impactos socioambientais do setor têxtil, de confecção e moda, incentivar a transparência e fomentar a sustentabilidade. O movimento foi criado após um conselho global de profissionais da moda se sensibilizar com o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, que causou a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2.500 feridos. A tragédia aconteceu no dia 24 de abril de 2013, e as vítimas trabalhavam para marcas globais, em condições análogas à escravidão.

Mostre que você está na moda e tem um guarda-roupa consciente deixando no seu armário peças que você realmente usa!

(Informações Grazyella Aguiar, com Fashion Revolution Brazil)

Tags: Extensãomodaresponsabilidadesocialsustentabilidadetextil

Engenharia Têxtil da UFSC obtém conceito “Muito Bom” em avaliação de reconhecimento

08/04/2019 18:12

O curso de graduação em Engenharia Têxtil passou pela avaliação de reconhecimento pela comissão do MEC/Inep, nos dias 27 e 28 de março de 2019.

Após verificar o projeto pedagógico de curso, a qualificação do corpo docente, as instalações físicas e de dialogar com estudantes do curso, a comissão chegou ao parecer final no qual conferiu Conceito 4 (muito bom).

Sobre a graduação

O Engenheiro Têxtil da UFSC graduado está capacitado para atuar em toda cadeia produtiva do setor, desde as áreas de fiação, tecelagem, malharia, tecido não tecido, confecção e beneficiamento, até acabamentos especiais para artigos tecnológicos com funções diversas. Tem como constante desafio desenvolver produtos que atendam às exigências e necessidades dos consumidores e que apresentem diferenciais de produtos e de mercado.

Os segmentos de atuação do profissional incluem indústrias têxteis e de insumos para processos e produtos (matérias-primas, embalagens, equipamentos, aditivos e têxteis técnicos), empresas de serviços, órgãos e empresas públicas e de ensino, onde pode exercer atividades nas áreas de produção e processos, garantia da qualidade, pesquisa e desenvolvimento, projetos, comercial e marketing da área têxtil.

O curso da Universidade Federal de Santa Catarina – Campus Blumenau, proporciona uma formação generalista com conteúdos que vão além da Engenharia, como física, química e matemática; mas também atua com disciplinas de materiais, biotecnologia, nanotecnologia e outras que abordem temas sobre o processo produtivo têxtil e relacionados com ciências do ambiente, administração, economia, empreendedorismo e inovação.

Tags: avaliaçãoconceitoengenhariatextil

Tecnologia e indústria são temas de aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia Têxtil

12/03/2019 19:21

Para abrir os trabalhos do Mestrado Acadêmico de Engenharia Têxtil (PGETEX/UFSC) a coordenação do programa convidou o pesquisador Antonio Augusto Ulson de Souza para uma aula inaugural, no dia 14 de março (quinta-feira), às 19h, no auditório da Sede Acadêmica (bloco B- 1º andar). Com o tema "Desafios Tecnológicos do Setor Têxtil e Confecção", o evento contará ainda com a presença da Vice-reitora da UFSC, Alacoque Lorenzini Erdmann, do Superintendente de Pós-Graduação da UFSC, Juarez Vieira do Nascimento, do Pró-Reitor de Pesquisa, Sebastião Roberto Soares e do Presidente do Sindicato Indústria Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Blumenau (SINTEX), José Altino Comper.

Antonio Augusto Ulson de Souza possui um currículo que traduz , e muito, sua experiência no tema em foco. Docente da UFSC (CTC/EQA), atua na área de Engenharia Química, com ênfase em Têxteis, Petróleo e Petroquímica, Meio ambiente e Produtos Naturais. Graduado em Engenharia Química pela UFRJ, Mestre em Engenharia Química pela UNICAMP e Doutor em Engenharia Mecânica pela UFSC, o palestrante convidado realizou ainda pós-doutoramento na University of California at Davis (Estados Unidos).

Bolsista produtividade CNPq, lidera o Grupo de Pesquisa TECTEXTIL, focado no Desenvolvimento Tecnológico Têxtil, desde 1999. Desempenhou ainda várias atribuições de chefia e coordenação na UFSC. Sua produção inclui mais de 160 (cento e sessenta) artigos em periódicos especializados, 482 (quatrocentos e oitenta e dois) trabalhos em anais de eventos, 07 (sete) capítulos de livros publicados, 07 (sete) depósitos de patente e 404 (quatrocentos e quatro) itens de produção técnica. Entre 1986 e 2017 participou de 69 (sessenta e nove) projetos de pesquisa – destes, em 40 (quarenta), como coordenador. Atualmente participa de 05 (cinco) projetos de pesquisa, atuando como coordenador em 01 (um).

Inovação para impulsionar o setor - berço de um dos polos têxteis mais dinâmicos do país, Blumenau movimenta a economia não só por meio da produção industrial, mas por toda a cadeia de comércio e investimentos gerada pelo segmento têxtil. Sede de uma das maiores feiras do ramo na América Latina, a FEBRATEX - que movimenta investimentos superiores a R$ 1 bilhão - os empresários atualmente apostam na inovação e na tecnologia como formas de criar produtos diferenciados e com alto valor agregado. Na ordem do dia estão redução de custos, agilização de processos e a sustentabilidade das ações do ponto de vista ambiental - três aspectos contemplados pelas linhas do Mestrado Acadêmico em Engenharia Têxtil.

"Nossa visão, com a graduação e agora com a pós-graduação em Engenharia Têxtil no Campus Blumenau da UFSC, é sermos referência e parceiros da indústria. Queremos desenvolver pesquisas conectadas às necessidades do setor e, ao mesmo tempo, contribuir com o aperfeiçoamento de qualidade dos profissionais do ramo. Certamente teremos resultados frutíferos em médio e longo prazo", avalia o coordenador do PGETEX, José Alexandre Borges Valle.

--

O quê? Aula inaugural do Mestrado Acadêmico em Engenharia Têxtil - Palestra com Antonio Augusto Ulson de Souza: "Desafios Tecnológicos do Setor Têxtil e Confecção"

Quando? 14 de março de 2019 (quinta-feira)

Onde? UFSC Blumenau - Rua João Pessoa, nº 2750, bairro Velha. Bloco B - auditório.

Quanto: gratuito

 

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau)

Tags: engenhariainovaçãomestradopósgraduaçãotecnologiatextil

Mestrado Acadêmico em Engenharia Têxtil (PGETEX) divulga inscrições homologadas

15/02/2019 17:11

A Comissão de Seleção do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Têxtil do Campus Blumenau da UFSC (PGETEX/UFSC) divulgou, nesta sexta-feira (15/2), a lista de inscrições homologadas na página do programa - acesse aqui.

Convém salientar que a homologação da inscrição não implica em aprovação no Processo Seletivo, indicando apenas que o candidato cumpriu com todas as exigências apresentadas no Edital de Seleção 2019.1.

Recursos devem ser encaminhados por e-mail à secretaria () com as justificativas que os motivam e devidamente fundamentados (Item 5 do Edital). O prazo para recurso finaliza às 23h59min do dia 19/02/2019.

Cronograma do certame:

 

(Camila Collato/Comitê de Comunicação UFSC Blumenau. Com informações PGETEX/UFSC)

Tags: academiaengenhariafederalmestradopósgraduaçãopúblicotextil