Pitch de negócio de graduanda em Engenharia Têxtil fica em primeiro lugar em encontro de inovação

01/03/2018 20:16

(Foto: Dazideia)

Finalista do 10° Concurso Universitário de Ideias Inovadoras do SEBRAE-SC, a graduanda do curso de Engenharia Têxtil, Dinnye Caroline dos Santos, participou do 3° Encontro Dazideia Blumenau, no dia 28 de fevereiro. Ela apresentou o pitch Ateliê Truck, que consiste em uma kombi itinerante equipada para reparos e customizações de roupas. Os espectadores presentes no evento forneceram feedback aos projetos apresentados e ao final fizeram seus investimentos. O Ateliê Truck foi reconhecido com o primeiro lugar, sendo o mais investido da edição.

(Foto: Dazideia)

Como forma de incentivo, o projeto de Dinnye recebeu 3 meses de espaço coworking na Fábrica de Negócios, sessões de mentoria em "Transformação e Alvancagem de Negócios" pela Effort Brasil, além de um curso de inbound marketing pela Resultados Digitais. A estudante ressaltou a importância desses eventos: "são nessas oportunidades que encontram-se pessoas que acreditam, assim como eu mesma, no potencial da empresa, incentivando e apresentando novos pontos de vista sobre meu negócio. Acreditar é a chave principal de um projeto, não posso deixar de citar aqueles que acreditam desde o início junto comigo, meus professores".

O 3° Dazideia Blumenau 2018 teve como objetivo propiciar um espaço para conectar pessoas e compartilhar de ideias inovadoras. O evento contou ainda com a palestra do empreendedor Junior Souza, fundador da Ecotag, empresa Scale-Up Endeavor, referência em sustentabilidade, proteção de produtos e combate a falsificação.

(Comunicação UFSC Blumenau)

Tags: empreendedorismoinovaçãonegóciosprêmiotextil

Estudante da UFSC Blumenau premiada no Santa Catarina Moda e Cultura

28/11/2017 16:13

“Desde a abertura, com a palestra do Ferreirinha, o SCMC como um todo me tocou muito e eu soube que tinha muito o que aprender. O evento é um lugar de aprendizado de vida, não só acadêmico. De conhecer coisas novas, aprender com elas e principalmente ter contato com empresas tão importantes do ramo têxtil. O Inova Lab é a cereja do bolo da vivência ao termos a oportunidade de saber como é o dia-a-dia das empresas e poder estar com os seus representantes para entender melhor o que é esperado dos estudantes como futuros profissionais” (Keyla Cristina Bicalho)

A equipe Laranja integrada pela estudante Keyla Cristina Bicalho, do curso de Engenharia Têxtil da UFSC, foi a vencedora do projeto final do INOVA LAB do Santa Catarina Moda e Cultura 2017 (SCMC). Além de Keyla, participaram do projeto os acadêmicos Arthur Adriano (equipe Verde) e Gabriela Maestri (equipe Lilás). Gabriela entrou pelo processo de repescagem pelo seu desempenho e dedicação ao longo dos desafios (ver fotos).

A final da competição, realizada no dia 25/11, no Espaço Maker do SESI Blumenau, contou com trinta alunos de diferentes instituições de ensino de Santa Catarina. Ao todo foram cinco dias de imersão, em que os participantes foram divididos em equipes, identificadas por cores, para resolver problemas reais de empresas associadas da região. A equipe Laranja recebeu desafios das marcas Loa Underwear, Círculo S/A e Coratex Brasil. A banca julgadora, composta por professores e profissionais das empresas participantes, considerou que a equipe foi a que melhor compreendeu as propostas e apresentou as melhores ideias. A pontuação foi acirrada com diferença mínima entre os finalistas.

Gabriela Maestri (equipe Lilás)

Arthur Adriano (equipe verde)

Para Keyla o SCMC foi de grande importância para somar conhecimentos e habilidades à teoria. "Poder aprender com todas as palestras ao longo das eliminatórias, no Inova Lab e, principalmente, ter acesso a empresas que normalmente não teríamos foi incrível. O contato e a oportunidade de trazer novas soluções ao setor foi fundamental para nos inserirmos e entendermos melhor a indústria", avaliou. A estudante também acredita que muitos outros alunos vão querer participar do evento no próximo ano - inclusive ela, que pretende repetir a experiência.

Como premiação os estudantes ganharam uma viagem para Minas Gerais para conhecer marcas têxteis e de moda da região, como o Grande Hotel Ronaldo Fraga, em Belo Horizonte. Eles também irão visitar o maior Museu a Céu Aberto da América Latina, em Inhotim. Algumas empresas do Vale do Itajaí, como a Círculo e a Meias Loa, ofereceram aos ganhadores dois dias de visita às empresas para conhecer melhor seus setores, produção e produtos.

Os docentes da UFSC Blumenau Grazyella Cristina Oliveira de Aguiar, Francisco Claudivan da Silva, Fernando Ribeiro Oliveira e Catia Rosana Lange de Aguiar participaram da orientação de projetos na competição.

Fotos

(Comunicação UFSC Blumenau, com informações Grazyella Aguiar)

Tags: culturaempreendedorismoengenhariaindústriainovaçãomodaprêmioprodutostextil