UFSC oferece Curso de Aperfeiçoamento em Educação, Pobreza e Desigualdade Social – modalidade EaD (Polo Blumenau)

26/11/2018 14:27

Inscrições prorrogadas até 16 de dezembro de 2018

Edital 007/CED/2018 - Processo seletivo para ingresso no Curso

---

Sobre o curso

Curso de Aperfeiçoamento Educação, Pobreza e Desigualdade Social (EPDS) tem a finalidade de provocar o debate e a reflexão, sobretudo, no que se refere aos processos de educação envolvendo sujeitos que vivenciam a pobreza ou a pobreza extrema. A provocação de tal debate está fundamentalmente associada aos desafios postos pela quase universalização da educação básica no Brasil nas últimas décadas. Esse esforço visa o cumprimento de um dever do Estado, portanto, um direito da população, garantido pela Constituição Federal de 1988 e pela Lei nº 13.005/2014, de 25/06/2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE).

Para que esse esforço apresente resultados, é necessário o conhecimento aprofundado do lugar social de origem de crianças, adolescentes e jovens, bem como da realidade das escolas públicas brasileiras. Considerando, desse modo, os desafios postos pela quase universalização da educação básica; pelos questionamentos referentes ao tensionamento das relações entre educação, pobreza e desigualdade social; pela necessária e urgente formação continuada de profissionais da educação; e visando fomentar o debate acadêmico sobre a temática, com vistas à transformação social de contextos empobrecidos, propõe o Curso de Aperfeiçoamento EPDS.

Objetivo Geral

Formar, em nível de aperfeiçoamento, na temática da Educação, Pobreza e Desigualdade Social, profissionais da educação básica (gestores escolares, professores, coordenadores pedagógicos, assistentes sociais) e outros envolvidos com políticas sociais que estabelecem relações com a educação para a necessidade de romper com práticas escolares que reforçam a condição de pobreza e reproduzam as desigualdades sociais.

Quem pode fazer?

É pré-requisito para o ingresso pertencer às categorias descritas como público-alvo, sendo que, nesta edição, a admissão será priorizada pela ordem descrita abaixo.

- Profissionais da educação básica (gestores escolares, professores, coordenadores pedagógicos) atuantes no Estado de Santa Catarina;
- Assistentes sociais e outros envolvidos com políticas sociais que estabelecem relações com a educação de crianças e adolescentes que vivem em circunstâncias de pobreza ou extrema pobreza, atuantes no Estado de Santa Catarina.

Metodologia

O Curso é organizado na modalidade à distância, organizado em torno de 3 módulos temáticos com duração de 180h. O Módulo Introdutório (40h) é comum a todos os percursos formativos e trata do tema: Pobreza, Desigualdades e Educação. Os demais módulos, que podem ser combinados em diferentes formatos de cursos, estão organizados a partir dos temas: a) Pobreza e Cidadania (60h); b) Pobreza, Direitos Humanos, Justiça e Educação (60h); c) Escola: espaços e tempos de reprodução e resistências da pobreza (60h); e d) Pobreza e Currículo (60h). A dinâmica proposta abrangerá: um processo introdutório, em que a equipe gestora local apresentará o processo formativo em sua totalidade; acesso aos módulos, no Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA); encontros presenciais para as avaliações e socialização de atividades do curso, preferencialmente, ao final de cada Módulo e início do Módulo subsequente, podendo ser realizados em polos de apoio presencial; e encontro final para apresentação dos Trabalhos Finais de Curso (TFC). O TFC terá duração de 20 horas e tratará da trajetória escolar de crianças e adolescentes em situação de pobreza, beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF), que articule reflexões teóricas à trajetória escolar dessas crianças e adolescentes, tendo como centralidade os principais fatores que têm dificultado o acesso, a permanência e a conclusão dos estudos dessas populações na idade adequada.

UFSC Blumenau lança edital para procura de imóvel para eventual aquisição

09/11/2018 10:49

A Universidade Federal de Santa Catarina tornou público, nesta sexta-feira (9/11), o edital de Chamamento Público 001/2018 para prospecção de propostas com vistas a uma eventual futura aquisição de imóvel para alocação do campus Blumenau, caso o Ministério da Educação venha a disponibilizar recursos.

A aquisição objetiva garantir a permanência, de forma definitiva, do campus universitário da UFSC em Blumenau, em local único, observado o Plano Diretor do município e os impactos gerados pelas atividades universitárias em seu entorno geográfico. A nova sede também garantirá condições estruturais para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão da universidade.

Qualquer pessoa física ou jurídica, regular com suas obrigações fiscais e trabalhistas, que detenha imóvel com as condições mínimas estabelecidas no item 6.1 do edital poderá apresentar proposta até as 18h do dia 29/11/2018. Os requisitos mínimos do imóvel podem ser observados no item 5.

Eventuais pedidos de esclarecimentos podem ser realizados através do e-mail direcao.blumenau@contato.ufsc.br. Leia o edital completo no link abaixo:

· Edital de Chamamento Público 001/2018

Último dia de inscrição para o Mestrado Profissional em Matemática (PROFMAT)

17/09/2018 12:29

Nesta segunda-feira (17/09) encerra o prazo para os candidatos interessados se inscreverem no Exame Nacional de Acesso (ENA) para ingresso no PROFMAT em 2019. O campus da UFSC Blumenau é uma das instituições associadas do programa, sendo 15 vagas oferecidas, com aulas às sextas-feiras, nos períodos vespertino e noturno.

A inscrição no Exame será efetuada exclusivamente via internet, na página https://ena.profmat-sbm.org.br/first.php  até às 17h. O valor da taxa de inscrição é de R$ 76,00.

Informações adicionais podem ser encontradas na página do programa: profmat.blumenau.ufsc.br

(Comunicação UFSC Blumenau)

UFSC abre inscrições para o Vestibular 2019, com 4.555 vagas em 101 opções de cursos

03/09/2018 17:40

“Venha mudar sua história e construir um mundo sustentável com a UFSC”. A campanha do Vestibular 2019 com o slogan “UFSC: semeando futuros” faz este especial convite aos que desejam ingressar no ensino superior, público e gratuito, na melhor universidade do estado e na sexta federal do país.

A apresentação do concurso e o lançamento do Edital do Vestibular UFSC 2019 foram realizados nesta segunda-feira, 3 de setembro, na Sala dos Conselhos, com representantes da Administração Central, o reitor Ubaldo Cesar Balthazar, o pró-reitor de Graduação Alexandre Marino Costa, e o chefe de Gabinete Aureo Mafra Moraes, da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), o presidente Olinto José Varela Furtado, a professora Maria Luiza Ferraro, e o coordenador de Logística João Carlos da Silva, e dos veículos de divulgação institucional, Agecom e TV UFSC. E nos próximos dias, a Coperve, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, apresentará a campanha a todas as escolas públicas e privadas de Santa Catarina.

O reitor apresentou as informações gerais do concurso que será realizado nos dias 8, 9 e 10 de dezembro de 2018 (sábado, domingo e segunda-feira). A UFSC oferece 4.555 vagas em 101 opções de cursos nos seus cinco campi – Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville. Das vagas, 50% são destinadas a cotas e 22% a pessoas com deficiência.

As inscrições – somente via internet – iniciam-se nesta terça-feira, 4 de setembro, e seguem até o dia 3 de outubro (valor de R$ 135,00 para todos os cursos). O prazo para requerer isenção da taxa de inscrição vai de 4 a 24 de setembro.

Para esta “geração conectada”, o pró-reitor de Graduação reforçou que o Vestibular conta com os recursos de realidade aumentada, presente no cartaz da campanha. Para visualizar, basta ter em seu smartphone o app Zappar, disponível para download para Android e iPhone. O aplicativo permite assistir a depoimentos de estudantes da UFSC e direciona para inscrição, página do concurso e contatos.

Olinto, presidente da Coperve, falou da necessidade de os candidatos lerem atentamente o Edital, disponível na página vestibular2019.ufsc.br, no ar a partir desta terça-feira, que concentra todos as informações do concurso, entre elas os programas das disciplinas e a agenda. Ressaltou que a Confirmação de Inscrição Preliminar será publicada no dia 8 de outubro e os candidatos terão um prazo de sete dias para eventuais correções. A Confirmação de Inscrição Definitiva, contendo o local de prova, será disponibilizada no no dia 22 de novembro.

As provas serão realizadas nas cidades de Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Brusque, Caçador, Balneário Camboriú, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão, sempre no horário das 14h às 18h e os portões de acesso estarão abertos das 13h às 13h45min.

O reitor Ubaldo (centro), o presidente da Coperve Olinto e o pró-reitor Alexandre (direita) apresentam o Vestibular UFSC 2019

Olinto destacou que pesos e pontos de cortes foram mantidos, embora tenham ocorrido algumas alterações como, por exemplo, elevou-se a nota mínima de Redação para os cursos de Jornalismo e Oceanografia. Sobre isto, os candidatos devem ficar atentos ao Anexo 3 do Edital (Tabela de Pesos e Pontos de Corte) que mostra em detalhes a nota mínima e o peso de cada disciplina por curso.

Alexandre, pró-reitor de Graduação, registrou que devido a liminar que questiona o uso do Bônus Regional, este vestibular não terá a oferta de Medicina no campus Araranguá.

A UFSC oferece 4.555 vagas, que são 70% do total de vagas do Vestibular. Os outros 30% serão para ingresso pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Provas

8 de dezembro (sábado)

  • Língua Portuguesa e Literatura Brasileira ou Libras (12 questões de proposições múltiplas);
  • Segunda Língua: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Libras ou Língua Portuguesa e Literatura Brasileira (8 questões de proposições múltiplas);
  • Matemática (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas);
  • Biologia (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas).

9 de dezembro (domingo)

  • Ciências Humanas e Sociais (20 questões de proposições múltiplas, assim distribuídas: 7 de História, 7 de Geografia, 2 de Filosofia, 2 de Sociologia e 2 interdisciplinares envolvendo pelo menos 2 dessas disciplinas);
  • Física (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas);
  • Química (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas).

10 de dezembro (segunda)

  • Redação;
  • 4 Questões Discursivas.

Mais informações no site www.vestibular2019.ufsc.br.

Agecom: (48) 3721-9601

Coperve: (48) 3721-9200

Rosiani Bion de Almeida/Agecom/UFSC

Ítalo Padilha/Agecom/UFSC